Quinta-feira, 22 de junho de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Aula de boas maneiras

Por Carla Oliveira *


Ensinar boas maneiras às crianças não é questão de frescura, mas sim algo muito importante para que elas adquiram noções fundamentais de respeito ao ambiente e às pessoas à sua volta.

Garantir que as crianças aprendam, desde cedo, as regras básicas de comportamento estabelecidas pela sociedade é imprescindível para que elas desenvolvam a habilidade de se relacionar harmonicamente com as pessoas e se sintam seguras em todas as situações sociais, e para que compreendam o conceito de cidadania e respeito ao meio em que vivem.

O mais importante nesse aprendizado é o exemplo dos pais. Eles são modelos de comportamento para os filhos, que naturalmente irão imitá-los. Por isso, é importante que os próprios adultos sigam as regras de boas maneiras, usando-as não somente fora de casa, mas dentro dela também. Se os pais gritam com os filhos, será difícil exigir que estes não gritem também. Se o pai e a mãe não costumam usar as expressões "por favor" e "obrigado" entre eles, os filhos dificilmente o farão.

Para treinar os filhos a ser bem educados, além de dar o exemplo, é necessário ter calma e paciência, e explicar claramente para a criança qual o comportamento esperado dela. Nessa hora, pai e mãe devem ser coerentes e adotar a mesma postura, para não confundir a criança. É importante elogiar muito a criança e mostrar entusiasmo quando ela faz algo da maneira que os pais ensinaram. Afinal, todos querem ser reconhecidos quando realizam um bom trabalho!

É importante respeitar também a idade e o ritmo da criança. Não é certo brigar com uma criança pequena, que está aprendendo a usar talheres para comer, porque ela derrubou comida na roupa ou no chão. Nem exigir que os pequenos não espalhem os brinquedos pela sala - desde que, a partir de certa idade, passem a recolhê-los e guardá-los no lugar certo após a brincadeira. Toda criança precisa de um pouco de sujeira e bagunça em seu processo de desenvolvimento. O aprendizado das boas maneiras deve começar desde cedo, mas sem deixar que as exigências atrapalhem a espontaneidade das crianças. A seguir, o Clicfilhos disponibiliza uma lista com regrinhas de comportamento que são de fundamental importância no processo de socialização das crianças:

Regras básicas para o dia a dia

● Diga "por favor" quando quiser pedir alguma coisa a alguém. Um exemplo: "Por favor, você poderia pegar um copo de água para mim?".
● Diga sempre "obrigado" (se for menino) ou "obrigada" (se for menina) quando alguém lhe fizer um favor ou lhe der algo.
● Cumprimente todos com "bom dia", "boa tarde" e "boa noite", de preferência com um sorriso amável no rosto. Isso vale não só para a sua família e seus amigos, como também para os vizinhos, empregados, porteiro do prédio, conhecidos que encontra na rua, atendentes de lojas e supermercados, professores, enfim, qualquer pessoa.
● Peça desculpas quando pisar no pé de outra pessoa, esbarrar em alguém, derrubar alguma coisa, ou fizer algo que incomode alguém.
● Agradeça quando ganhar um presente, mesmo que não tenha gostado.
● Use tom de voz normal para falar com as pessoas. Se a pessoa estiver longe, vá até ela para dar seu recado, sem gritar.
● Não interrompa a conversa dos adultos. Quando quiser falar com eles durante uma conversa, diga "posso falar com você um minutinho?" e espere a pessoa lhe dar a atenção.
● Lugar de lixo é no lixo. Jogar lixo na rua, nem pensar!
● Não cutuque o nariz. Se estiver sujo, vá até o banheiro e assoe.
● Ao espirrar, coloque as mãos na boca e, se possível, lave-as em seguida.
● Não mexa nas coisas dos outros sem permissão.
● Recolha e guarde os brinquedos no lugar certo depois de usá-los.
● Não converse enquanto está na biblioteca, no cinema ou no teatro, para não incomodar os outros (nem utilize o celular nestas ocasiões!).
● Não fale palavrões.
● Antes de entrar em algum lugar, bata na porta e pergunte se pode entrar.
● Chegue aos lugares na hora marcada, sem atrasar.
● Meninos não devem urinar na rua ou em qualquer outro local que não seja o banheiro!
● Ao ligar para alguém, cumprimente a pessoa que atender o telefone e identifique-se em primeiro lugar. Exemplo: "Olá, sr. Fulano. Aqui quem fala é Sicrano,
tudo bem?". Em seguida, fale o que precisar, por exemplo: "Poderia chamar o
Beltrano
, fazendo o favor?".

Visitando os amigos

● Peça licença antes de entrar na casa dos outros.
● Se precisar usar o telefone, peça permissão ao dono da casa - e seja breve!
● Não faça bagunça! Guarde os brinquedos que usar, arrume a cama em que dormiu, deixe o banheiro em ordem, tire seu prato da mesa após comer e se ofereça pra ajudar a lavar a louça.
● Não tire nada do lugar e não mexa nos objetos de decoração da casa.
● Não coloque os pés no sofá.
● Não faça barulho quando as pessoas da casa estiverem dormindo.

Respeito aos mais velhos

● Ajude a vovó e o vovô a sentar e a levantar da cadeira.
● Busque coisas para eles, como os óculos, o jornal, um copo de água.
● Converse com eles, ouvindo suas histórias antigas com interesse.
● Ajude-os a entrar no ônibus, a enxergar o preço de um produto no supermercado, a atravessar a rua, a carregar suas sacolas.
● Ofereça seu lugar no ônibus ou no metrô a pessoas idosas.
● Trate os mais velhos por "senhor" ou "senhora".

Ordem no banheiro
● Dê a descarga corretamente.
● Jogue o papel higiênico no cesto de lixo.
● Não deixe espirrar urina no chão ou na tábua do vaso sanitário. Se isso acontecer, limpe ou peça para alguém fazê-lo.
● Lave as mãos após usar o sanitário, sem espirrar água na bancada da pia ou no chão.

Comportamento exemplar na escola
● Empreste materiais e brinquedos para os colegas.
● Ofereça seu lanche aos amigos.
● Não saia correndo e esbarrando nas pessoas. Peça licença para passar!
● Não fure a fila do banheiro ou da cantina.
● Não brigue com os colegas.
● Respeite o professor e obedeça as regras da escola.
● Levante a mão quando quiser falar durante a aula.
● Não faça bagunça durante a aula.
● Não saia da classe sem avisar.
● Se for necessário revezar os brinquedos ou esperar sua vez de fazer alguma atividade, tenha paciência e respeite a ordem.
● Faça a atividade que o professor pedir.
● Elogie os amigos quando eles realizarem bem uma tarefa. Se eles lhe elogiarem, agradeça!
● Não fale mal dos colegas.
● Devolva tudo que pegar emprestado.
● Não discrimine os colegas, seja gentil com todos.

Bons modos à mesa

● Lave as mãos antes de se sentar à mesa.
● Não arrote. Se isso acontecer, peça desculpas.
● Mastigue os alimentos com a boca fechada.
● Não fale enquanto mastiga.
● Coloque porções pequenas de alimento na boca.
● Evite tomar líquidos com a boca cheia de comida.
● Ao terminar de comer, deixe os talheres no prato, um ao lado do outro, a faca com o corte para dentro.
● Não bata os talheres na mesa, no prato ou no copo.
● Não pegue a comida com a mão.
● Não chupe o macarrão pelo fio.
● Não sopre a sopa. Se estiver quente, espere esfriar.
● Evite derrubar comida para fora do prato ou no chão. Se cair, não coloque a comida na boca novamente, e sim recolha com um guardanapo.
● Coma devagar, mastigando bem os alimentos.
● Não fale sobre coisas nojentas nem assuntos desagradáveis na hora da comida.
● Agradeça a quem preparou a comida e elogie a refeição.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Problemas todos temos 11/07/2002 às 14:11:00

Dificuldades em casa: ansiedade, medo, vergonha de partilhar? Quando e por que abrir o jogo na escola?

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Bullying, violência na escola 01/08/2004 às 11:19:00

Humilhação, intimidação, ameaça. Diariamente, estudantes de todas as idades são vítimas desse tipo de violência moral na escola. Os agressores são seus próprios colegas. Como lidar com essa situação?

   
O fantástico mundo dos canhotos 25/08/2006 às 10:59:00

Eles levantam com o pé esquerdo, mas não é porque são azarados. Conheça as dificuldades e as vantagens de ser canhoto.

   
Palavrões, palavras e palavrinhas 14/02/2001 às 17:12:00

Criança aprende tudo tão rápido! Isso vale para coisas "do bem" e "do mal". De repente seu filho, sem mais nem menos, solta um tremendo palavrão. Após o choque inicial, virão as perguntas inevitáveis: Será que sabe o que está dizendo? Onde aprendeu isso?