Segunda-feira, 25 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Seja um consumidor consciente

Por Carla Oliveira *


Escolher o produto que você irá comprar - e de qual empresa - é uma decisão que pode ajudar a salvar o futuro do planeta. Descubra como!

Nas últimas décadas, tem-se estabelecido um estilo de vida baseado no consumo excessivo dos mais variados produtos. Todos querem consumir cada vez mais. Tênis, roupas, alimentos, equipamentos eletrônicos, móveis, cosméticos, eletrodomésticos e outros milhares de itens fazem parte dos desejos da população, em qualquer parte do mundo.


Por um lado, o aumento do consumo traz mais conforto à população e estimula o desenvolvimento econômico dos países. Porém, a produção de uma quantidade cada vez maior de produtos significa a utilização intensiva dos recursos naturais do planeta, o que traz conseqüências desastrosas para o meio ambiente.


Dados indicam que atualmente se consome 20% a mais do que a capacidade de renovação do planeta. Se essa situação não for mudada, os recursos naturais ficarão cada vez mais escassos e, dentro de alguns anos, não haverá fontes de água nem de energia, reservas de ar puro ou terras para a agricultura, em quantidade suficiente para a manutenção da vida de todos os habitantes do planeta.

Entenda o conceito de sustentabilidade

A produção industrial e o consumo de produtos industrializados são importantes e, mais do que isso, necessários para a sobrevivência humana na sociedade atual. Porém, essa atividade deve ser exercida com responsabilidade, tendo em vista as conseqüências desastrosas que pode causar para o meio ambiente.


O desenvolvimento sustentável é aquele que busca conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação dos recursos naturais, minimizando tanto quanto possível os impactos negativos sobre o meio ambiente. Isso significa, entre outras ações, utilizar fontes de energia renováveis, controlar a poluição emitida, diminuir a quantidade de lixo produzido e reciclar o máximo possível, evitar o desperdício, adaptar os produtos atuais às tecnologias ecologicamente corretas etc.

O que é ser um consumidor consciente

Normalmente, quando alguém decide adquirir um produto, sua escolha leva em conta a combinação de dois aspectos: o menor preço e a melhor qualidade. O consumidor consciente é aquele que, além destes aspectos, leva em consideração também questões como o impacto ambiental causado pela produção daquele item e o compromisso daquela empresa com a sustentabilidade.


Ao dar preferência a produtos que são ecologicamente corretos, os consumidores incentivam as empresas que se preocupam com a sustentabilidade, o que acaba forçando a adoção deste comportamento pelas demais empresas. Se o mercado perceber esta exigência por parte dos consumidores, todos terão de se adaptar. Por isso, a cada escolha que você fizer, procure privilegiar os produtos e as empresas que respeitam o meio ambiente.


Além disso, o consumidor consciente sabe que consumir o produto também exige responsabilidade. Evitar desperdícios e utilizar os produtos de maneira adequada e eficiente são atitudes fundamentais. O futuro da vida no planeta depende da preservação dos recursos naturais. E essa responsabilidade cabe a cada um de nós!


Abaixo, veja algumas dicas para a aquisição de produtos:


  • Valorize as empresas que se orientam pelo conceito de desenvolvimento sustentável, comprando seus produtos. Para saber quais são essas empresas, visite o site do Instituo Ethos (www.ethos.org.br)


  • O "selo verde" é um símbolo colocado nas embalagens de produtos cuja elaboração seguiu normas de preservação ambiental estabelecidas pela instituição responsável pela emissão do selo, que varia conformo o tipo de produto. Fique de olho nas embalagens e dê sempre preferência às marcas que possuam o selo verde.


  • No Brasil, as principais causas do desmatamento são: o extrativismo ilegal de madeira, a plantação de soja e a pecuária extensiva. Para ajudar a combater este problema, compre apenas madeira certificada com o selo do FSC - Forest Stewardship Certification - que garante que o produto seguiu as regras de extração sustentável (empresas como a Faber Castell e a Natura já receberam esta certificação). Além disso, diminua o consumo de carne bovina ou compre carne orgânica, que é produzida sob normas que respeitam o meio ambiente.


  • Ao comprar lâmpadas ou eletrodomésticos, procure os que têm o selo Procel (Programa de Conservação de Energia Elétrica). O selo garante que aquele produto gasta menos energia elétrica do que produtos semelhantes. Procure também pela etiqueta de eficiência energética do Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro. A etiqueta indica o consumo de eletricidade daquele aparelho e seu grau de eficiência energética, que vai de A (mais eficiente) a G (menos eficiente).


  • Consuma menos alimentos industrializados, pois estes gastam muito mais energia, água e outros recursos naturais para serem produzidos do que os alimentos frescos - e, além disso, são bem mais saudáveis.


  • Recuse produtos que sejam acondicionados em quantidade desnecessária de embalagens, como, por exemplo, caixinhas embaladas por plástico, que ainda vêm dentro de uma sacola. Isso provoca muito desperdício de matéria-prima.


  • Ao pensar em comprar um produto, avalie se essa aquisição é mesmo necessária. Muitas vezes, acabamos comprando coisas que não iremos usar, o que não apenas desperdiça recursos naturais como também causa prejuízo ao bolso.


  • O mercado (principalmente o de aparelhos eletrônicos) oferece novidades a todo momento, dando a impressão de que o produto que adquirimos há pouco tempo já está "defasado". Resista à tentação de trocar seu equipamento com freqüência para atender às novidades tecnológicas que são anunciadas, pois muitas vezes a vantagem oferecida não justifica a renovação do produto.


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Oncologia Ginecológica e GRAACC 09/09/2014 às 09:12:01

    Se você é profissional da saúde, este livro lhe interessa.

       
    Milho, o rei dos cereais. E da garotada! 15/09/2003 às 20:36:00

    O milho faz um enorme sucesso entre as crianças e, além de saboroso, é muito nutritivo. Aprenda a fazer doces e salgados deliciosos com esse cereal. As receitas são da turma do Sitio do Picapau Amarelo!

       
    O tal do aquecimento global 19/09/2007 às 09:34:00

    Entenda o que é este fenômeno e saiba como você e sua família podem contribuir para evitá-lo.

       
    O Natal está chegando... 08/12/2000 às 14:54:00

    Correria, compras (alto consumo!), preparativos, comemorações... esgotamento. Quando nos damos conta, tudo já passou. Restam, como saldo, o cansaço e algumas contas a pagar. E o espírito do Natal, para onde foi?

       
    Trocar, reutilizar, doar 24/01/2010 às 18:23:00

    Aprenda como reutilizar o material escolar e diversas outras formas de economizar e evitar o desperdício com esses itens.