Sexta-feira, 21 de julho de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Felicidade na luta contra o câncer

Por Carla Oliveira *


Conheça o Projeto Felicidade, que ajuda crianças portadoras de câncer a resgatar a auto-estima e o ânimo para enfrentar a doença.

Imagine a alegria de uma criança ao passar uma semana inteira realizando atividades recreativas, indo à praia, a parques de diversões, cinemas, teatros e participando de festas, junto com outras crianças e com a família. Agora imagine o que significa isso para uma criança carente que sofre de câncer. Quem realmente entende a dimensão desse benefício são os integrantes do Projeto Felicidade.


Lançado há quase dois anos, o Projeto Felicidade atende a crianças e adolescentes de 0 a 18 anos de baixa renda portadoras de algum tipo de câncer. O Projeto consiste em propiciar gratuitamente uma semana de diversão a essas crianças, que ficam hospedadas em hotéis - mesmo as que moram na própria cidade de São Paulo, onde as atividades acontecem.


Cada criança tem direito a levar três pessoas da família: dois adultos e uma criança. Quem seleciona os participantes - 14 por semana - são equipes médicas dos 17 hospitais conveniados ao Projeto de todo o Brasil.

A felicidade faz um bem...

Durante a semana, as crianças são levadas a parques como o Hopi Hari e o Parque da Mônica e vão ao teatro, ao cinema, ao shopping, ao boliche, a um buffet infantil e à praia (Guarujá-SP). Também visitam o aeroporto, o Corpo de Bombeiros e o Clube Palmeiras. Os 80 voluntários do Projeto ainda realizam diversas atividades como oficina de pintura, teatro de fantoches e contam histórias. A programação da semana depende da faixa etária e das condições climáticas.


"A criança que vai embora é totalmente diferente da que chegou. A mudança de comportamento é notada por toda a família e pelos médicos", afirma Flávia Bochernitsan, diretora geral do projeto. Muitas das crianças doentes realmente entram em depressão, param de comer e acabam perdendo o valor pela vida. Afinal, não é fácil enfrentar uma rotina constante de tratamento médico e - em muitos casos - a incerteza da cura.


"A maior parte das crianças que participam nunca haviam ido a um parque de diversões, quanto mais entrado em um hotel. Isso faz bem para a criança, ela resgata sua dignidade, sua alegria e adquire mais garra para lutar contra a doença", ressalta Flávia. A família - que também fica desgastada com a doença - também tem a possibilidade de aliviar um pouco as preocupações e ganhar ânimo.

Cartinhas, festas e presentes

Ao final da semana, as crianças também ganham cestas de frutas e doces, roupas, brinquedos e cobertores novos. Mesmo depois que a criança deixa o Projeto, as voluntárias - carinhosamente chamadas de "tias" - escrevem cartas e mantém contato com as crianças. No dia de seu aniversário, é programada uma festa surpresa.


No mês de outubro, todas as crianças que já passaram pelo Projeto são convidadas a participar de uma grande confraternização no Parque da Mônica, em São Paulo. No ano passado, fizeram parte de festa mais de 2 mil pessoas e esperamos que cada vez esse número cresça ainda mais!


Para colaborar com o Projeto Felicidade, faça uma doação ou participe como voluntário! Ligue para (11) 3803-9898, ou mande um e-mail para felicidade@felicidade.org.br. Visite também o site do Projeto: www.felicidade.org.br.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Oncologia Ginecológica e GRAACC 09/09/2014 às 09:12:01

Se você é profissional da saúde, este livro lhe interessa.

   
Aprendiz de Maestro 01/09/2014 às 17:39:04

Convide seus filhos para assistir à série O Aprendiz de Maestro, produzida pela TUCCA - uma ONG que dá assistência a crianças com câncer. Ao mesmo tempo em que se divertem, vocês ajudam a quem precisa.

   
Natal solidário 03/12/2007 às 17:42:00

Natal é tempo de alegria e de solidariedade. Conheça algumas campanhas com as quais você e sua família podem colaborar para tornar o Natal de muita gente mais feliz!

   
Sol na medida certa 29/01/2001 às 14:13:00

O sol faz bem à saúde, mas nada de exageros. Nem muito nem tão pouco. Conheça os segredos para manter a pele de seu filhote bem cuidada e longe das agressões das queimaduras.

   
Solidários desde a infância 05/04/2001 às 16:29:00

Você sai de carro com seu filho. Ao aproximar-se de um sinal, uma criança se aproxima da janela e, rapidamente, você fecha os vidros. Seu filhote fica supreso, parece não entender o que se passa. Como falar de nossos medos? Como explicar o inexplicável?