Sábado, 23 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Cores que transformam o astral

Por Debora Rosenberg *


Descubra o poder das cores no ambiente que seu filho vive e introduza alguns elementos para que ele se desenvolva de forma equilibrada.

Alguma vez você já entrou em uma casa e se sentiu instantaneamente bem? E, o contrário, você já visitou um lar que, embora mobiliado e decorado elegantemente, trouxe uma frieza, um sentimento negativo?


Feng Shui, a arte asiática de organização dos ambientes, revela como as cores, formas, texturas, cheiros, gostos e sons que nos cercam afetam nossas emoções, imaginação e o nosso bem-estar. Seus princípios, aplicados no local em que a criança está crescendo e se desenvolvendo, ajudam a expandir suas competências e chegam a mudar a forma como ela irá lidar com as situações futuras. Selecionando os tecidos, as cores da parede, os móveis e os acessórios adequadamente, você consegue reforçar as mensagens positivas, essenciais para a vida.

Yin e Yang

Todas cores, formas, sons, cheiros e texturas são divididas em dois grupos: o yin e yang. O yin engloba aquilo que induz à tranqüilidade ou requer poucos esforços. O yang, seu oposto, energiza e leva à ação.


As cores são importantes ferramentas para expressar estes dois pólos. Por exemplo: o vermelho é geralmente uma cor yang, anima e excita. Mas atenção! Dentro dos diversos tons de vermelho, existem os que não trazem tanta energia. Um exemplo: o "vermelho-fogo" é yang, mas o vermelho "terra-cota" é yin.


Geralmente os móveis e acessórios para crianças são produzidos em cores yang, claras e brilhantes. Embora alguns se beneficiem dessas cores, outros podem ser muito estimulados com um ambiente tão energizado, não dando sossego aos pais. Caso seu filho seja muito tímido, tenha problemas para se socializar ou não goste de atividades em grupo, use as cores yang. Senão, as yin são mais indicadas para decorar o quarto das crianças.


Para balancear as tendências naturais da sua criança, você pode ajustar o ambiente com itens opostos à personalidade dela. Por que? Talvez sua criança tenha problemas de auto-estima, ou seja muito agitada ou ainda tenha dificuldades para dormir. Com pequenas mudanças, você pode ajudá-la na transformação das áreas que a incomodem.


Introduza as cores no ambiente do seu filho e observe suas reações. Se você quiser acalmá-lo, use yin. Se ele precisa ser estimulado, use yang.

Equilibrando a família

Incorporar o yin e o yang em outras partes da casa contribui para influenciar no comportamento de toda a família. Na sala de estar ou de jantar, incorpore yang se deseja estimular a conversa e o diálogo entre todos. Use o yin se preferir uma atmosfera mais quieta e controlada.


No quarto, o yin acalma e ajuda a dormir, enquanto o yang a estimula a atividade. É possível ainda dividir o mesmo dormitório em yin e yang. Por exemplo: um dormitório familiar que tenha uma área yin, com uma parede de livros e acessórios escuros e outra área yang, com uma luz forte e clara, posters coloridos e uma mesa de jogos.


Solte sua criatividade e utilize esses princípios como ferramenta para ajudar na formação da criança. O simples ato de acrescentar um pano ou xale, claro e colorido, sobre uma cadeira contribui para adequar o ambiente com as necessidades do seu filhote.

Personalidade das cores yin e yang



(1)Tons escuros e apagado

(2)Tons claros e brilhantes


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
As dificuldades do autismo 26/07/2001 às 14:12:00

Autismo é uma questão delicada, que muitos pais têm dificuldades em aceitar e tratar da forma correta. Conheça melhor as faces dessa condição.

   
Problemas todos temos 11/07/2002 às 14:11:00

Dificuldades em casa: ansiedade, medo, vergonha de partilhar? Quando e por que abrir o jogo na escola?

   
Dicas para proteger seus filhos 26/03/2003 às 13:21:00

Principalmente as grandes cidades oferecem uma série de riscos para nossos filhos. Veja aqui dicas para protegê-los contra alguns problemas, como assalto e seqüestro.

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Aumente a renda da sua família! 01/08/2003 às 21:47:00

Se você teve de abandonar a carreira para cuidar dos filhos ou está desempregada, saiba que existem muitas maneiras alternativas de ganhar dinheiro. Não é preciso nem sair de casa!