Quinta-feira, 17 de agosto de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Já para a cama!

Por Julienne Gananian *


Você sofre toda noite, na hora de colocar as crianças na cama? Veja como se livrar desse tormento e impor limites.

As crianças, apesar de pequenas, sabem direitinho como chantagear os pais, principalmente quando o assunto é ir para cama. Choram, esperneiam, reclamam que não estão com sono e, os mais espertinhos, inventam mil desculpas: "deixa eu assistir à TV só mais um pouquinho" ou "só durmo se for na cama do papai e da mamãe" e por aí vai... Os adultos, depois de tanta insistência, acabam cedendo, mas os limites são fundamentais para que os pequenos não se acostumem mal.

O Dr. Leonardo Posternak, pediatra em São Paulo, ensina alguns truques para que seu filho durma com os anjinhos e, de preferência, na hora certa!

- Regra número um: os pais dormem na cama de casal e o filho na sua própria cama, a não ser em casos excepcionais. Caso contrário a criança se acostuma e o casal perde sua privacidade.

- Não se deixe levar pelas imposições do filho e frases como "só durmo às 9h se vocês também dormirem". Explique a ele que criança precisa dormir mais cedo e durante mais tempo para recuperar toda a energia que gastou durante o dia, brincando ou estudando.

- Se o pequeno continua insistindo que só consegue dormir junto dos pais, use a seguinte estratégia:

1. Deixe a criança brincar bastante ou assistir televisão. Logo em seguida leve-a para o quarto.

2. Durante 5 a 10 minutos, faça companhia ao pequeno, contando uma história, por exemplo.

3. Em seguida despeça-se dele, explicando que já deve estar com sono e que o melhor lugar para descansar é na própria caminha. Provavelmente ele vai resmungar ou chorar no começo, mas acaba se acostumando.

4. Saia do quarto por 30 segundos e volte para dizer que tudo está bem, e que vocês, pais, ficarão perto cuidando dele .

5. A partir daí vá aumentando, gradualmente, o tempo de ausência. Primeiro demore 30 segundos, depois 60, depois 2 minutos até chegar aos 5 minutos. Repita o mesmo intervalo até que a criança, definitivamente, pegue no sono.

6. Se o pequeno insistir e resolver sair do berço ou do quarto, feche a porta e continue respeitando os intervalos para voltar.

Uma dura tarefa, não é mesmo? Mas os resultados compensam e fazem bem ao seu filhote. Afinal, ele precisa aprender que cada um tem o seu espaço e que dormir faz bem para a sua saúde. Boa sorte!


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
O valor do ENEM para seu filho 28/02/2002 às 13:17:00

Descubra quais os objetivos do ENEM e aproveite este momento para incentivar o seu filho a conquistar maior responsabilidade.

   
A idade certa para ir à escola 07/06/2002 às 14:38:00

Meu filho tem 3 anos completos, fico em dúvida se está na hora de mandá-lo para a escola ou se, ainda, é muito cedo... Mamãe sempre acha que os filhos são pequenos demais...

   
A eterna magia do pó de pirlimpimpim 03/12/2001 às 16:14:00

Histórias infantis escritas na década de 20 resistem ao tempo e encantam as gerações posteriores.

   
Educação musical começa no berço 20/09/2004 às 13:11:00

Eles não sabem o que é um saxofone ou uma clave de sol. Mas, aos três anos de idade, já estão aprendendo a ouvir e a fazer música.

   
Já é hora de dormir... 25/05/2001 às 14:58:00

A cena se repete toda noite: seu filho não quer ir para a cama. Por isso o Clicfilhos lançou uma pesquisa para saber os truques mais utilizados pelos pais nessa hora tão crucial. Confira algumas das mensagens que recebemos!