Quinta-feira, 23 de novembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, CRIANÇAS

Palavra do especialista - Flávia Schwartzman*


Leia aqui respostas da Nutricionista Flávia Schwartzman às perguntas de usuários do Clicfilhos

Minha filha de 4 anos toma um café da manhã normal, com leite, iogurte, banana, pão com manteiga ou biscoito. Mas, na hora do almoço, é um problema, pois ela quer bolinho de arroz ou de batata quase todo dia eu tenho medo que ela esteja comendo muita gordura. Ela também prefere comer ovo em vez de carne ou frango todo dia, mas tenho dado só duas vezes por semana. É preciso corrigir a dieta dela?

É difícil avaliar adequadamente a dieta de sua filha, sem saber as quantidades dos alimentos e sem acompanhar seu crescimento. Mas, como regra geral, ela já deve estar recebendo a mesma comida do restante da família.


De uma olhada no artigo "Alimentação saudável" para ter uma idéia dos grupos de alimentos que devem estar presentes na dieta, assim como, de exemplos de cardápios. É fundamental que ela receba cálcio, ferro e todos os demais nutrientes nas quantidades certas. Na idade dela, ela necessita de 800 mg de cálcio - aproximadamente 2 ½ xícaras de leite ou o equivalente em outro alimento.

Pelo que você escreveu, ela recebe leite, danone, iogurte. Apenas certifique-se de que a quantidade esteja correta. Quanto ao ovo, apesar de ser um alimento rico em proteínas, vitaminas A, D, E, vitaminas do complexo B e alguns minerais, ele é pobre em diversos outros, como vitamina C, potássio, cálcio. Além disso, o tipo de ferro que ele contém é pouco absorvido, e também é rico em colesterol.

A recomendação para crianças a partir de 2 anos e para adultos é de que a ingestão de colesterol não ultrapasse 300 mg/dia. Para se ter uma idéia, a gema do ovo contém entre 213 e 220 mg de colesterol. A American Heart Association recomenda de 3 a 4 gemas de ovo por semana. Carne de vaca, frango, peixe, e outros tipos de carnes não precisam ser dados necessariamente em todas as refeições, mas tente dá-los, pelo menos, 1 vez por dia, pois são fontes de ferro.

Uma boa dica é dar fígado de 15 em 15 dias, pois é muito rico neste mineral. Com relação ao bolinho de arroz ou batata, tente assá-los, de vez em quando, ao invés de fritá-los. Lembre-se que é comum as crianças passarem por fases em que comem somente alguns determinados alimentos. De uma olhada na materia "Sem medo de comer novidades" para saber um pouco mais sobre este assunto.

Continue oferecendo para ela, assim como para o restante da sua família, alimentos saudáveis e uma dieta variada. A exposição ao alimento facilita a sua aceitação. Lembre-se de que os lanches também são importantes fornecedores de calorias e nutrientes para as crianças. Por isso, elas devem receber, além das refeições principais, de 2 a 3 lanches ao longo do dia, compostos de alimentos nutritivos.

Meu filho de 6 anos adora comer moela. Gostaria de saber o que é exatamente a moela de galinha e se tem algum valor nutricional importante para ele.

A moela, assim como o miolo, fígado, coração e rim são chamados de miúdos ou vísceras. Eles são boas fontes de proteína e zinco. Moela, coração, fígado e outras carnes (frango, boi) são ricos em ferro heme, o tipo de ferro que é muito bem absorvido pelo organismo. Uma ingestão adequada de ferro é fundamental para a prevenção de anemia.


Por outro lado, estas vísceras contém bastante colesterol. Para se ter uma idéia, 30 gramas de carne magra de boi contém 25 gramas de colesterol, 30 gramas de carne branca de frango contém 22 gramas de colesterol, e a mesma quantidade de moela de galinha contém 55 gramas. Por isso, o ideal é o bom senso, variedade e moderação. Ofereça moela a seu filho a cada 2 semanas, alternando com outros tipos de carnes, junto com uma alimentação rica em frutas, verduras, cereais, leite e derivados.

* Flavia Schwartzman é nutricionista, formada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, com especialização em Nutrição Materno-Infantil, Mestre em Nutrição pela Escola Paulista de Medicina.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

   
Emagrecendo após a gravidez 10/09/2001 às 15:48:00

Descubra os exercícios mais indicados e algumas dicas para que a mamãe emagreça após a gestação.

   
Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.

   
Histórias da Arte para crianças 08/11/2012 às 18:49:50

Não tem jeito melhor de conhecer a vida e a obra de artistas contemporâneos brasileiros! Não deixe de levar seu filho!