Quarta-feira, 08 de julho de 2020
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Lorena, a última azeitona

Por Léo Varella *


Lorena se divertiu muito quando entrou na casa.

Falou oi pra todo mundo, mas ninguém olhou muito.

Afinal, ela estava cheia de amigas num pote grandão de azeitonas.

É, Lorena era uma azeitona.


Ela se sentia bem como azeitona,

mas não gostava muito de ficar na prateleira

do super mercado e por isso ficou feliz


Com as suas colegas do pote foram saindo.

Primeiro a Margarida, a Magda e a Paula e depois muitas outras.

Até que Lorena ficou sozinha lá naquele pote enorme.

Aí Lorena ficou triste.



Um dia, pela madrugada,

Alguém foi pegar Lorena dentro do pote.

Mas como pegar uma azeitona sozinha dentro de um pote é muito difícil, Lorena terminou caindo no chão e rolando, sem querer, para um dos esconderijos da Djubie, a pulguinha, que sempre se perdia nos tênis.


A partir daí formou-se uma amizade como nunca se havia pensado.

A amizade entre uma pulga e uma azeitona.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Momento Clicfilhos - Leitura, desafio de pais e professores 13/02/2020 às 16:18:58

Habituar os filhos a mergulhar nos livros nem sempre é fácil. Aprenda, aqui, como estimulá-los.

   
Momento Clicfilhos - Afinal, para que serve a mesada? 13/02/2020 às 15:58:02

Os filhos pedem, e como pedem! Querem brinquedos, roupas de griffe, jogos de videogame, guloseimas... Como fazer da mesada uma aliada?

   
Momento Clicfilhos - Bullying, violência na escola 13/02/2020 às 15:20:51

Humilhação, intimidação, ameaça. Diariamente, estudantes de todas as idades são vítimas desse tipo de violência moral na escola. Os agressores são seus próprios colegas. Como lidar com essa situação?

   
Momento Clicfilhos - Animais, alegria para toda a família 13/02/2020 às 15:16:32

Animais de estimação oferecem carinho e companhia, ajudando até a curar a depressão. Quem resiste?

   
Momento Clicfilhos - Com açúcar, com afeto... 13/02/2020 às 15:08:46

Você entra no quarto do seu filho e sente como se um furacão tivesse passado por ali: gavetas semi-abertas, roupas para fora, brinquedos espalhados pelo chão, lápis, livros e cadernos sobre a cama ...