Quinta-feira, 24 de agosto de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Chocolate, irresistível tentação

Por Luiza Helena Marcondes *


Liberou geral! Está aberta a temporada de caça aos ovos. Mas cuidado com os exageros para não estragar sua festa por causa de uma dor de barriga.

Crianças e adultos dificilmente resistem à tentação, mas abusar pode trazer encrencas. O chocolate é altamente calórico e, além de engordar, pode desencadear alguns processos alérgicos quando consumido em excesso. A coordenadora de nutrição da Universidade São Camilo, Sandra Chemin, de São Paulo, afirma que os pequenos chegam até a desenvolver uma rinite, muitas vezes confundida com resfriado.


Por comer mais do que poderia, seu filho sofre uma intoxicação. O cacau, matéria-prima do alimento, tem um altíssimo teor de gordura e por isso não é indicado para bebês. "Crianças a partir de 18 meses podem comer, no máximo, 50 gramas de chocolate por dia, enquanto uma de 5 anos, está liberada para uma barra de 100 gramas", diz a nutricionista. Exceder esses limites acarreta o risco de desencadear um quadro de diarréia.

Herói ou vilão?

Os especialistas classificam o chocolate como alimento forte, energético, próprio para ser ingerido nos dias frios. A combinação dos ingredientes que compõem o produto, manteiga de cacau e leite, além de concentrar muitas proteínas - indispensável ao crescimento das crianças - é rica em calorias. Um exemplo: 30 g de chocolate (165 calorias) correspondem a um pão francês com margarina ou a uma fatia de bolo simples ou a uma taça de abacaxi em calda.


"No inverno, alimentos altamente calóricos são perfeitos para manter a temperatura do corpo", garante Sandra. Nos dias muito quentes, porém, as pessoas precisam mesmo é de hidratação e a ingestão de chocolates altera o PH ácido do organismo, aumentando a sensação de sonolência e cansaço.


Outras reações comuns derivadas do alto consumo deste alimento são coceiras, irritação da pele com vermelhidão e bolhas d´água, diarréia e rinites. Portanto, todo o cuidado é pouco: fique de olho e não deixe seu filhote consumir um ovo inteiro no mesmo dia. Se a criança sofrer uma intoxicação suspenda imediatamente o alimento e procure o pediatra.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Dicas para proteger seus filhos 26/03/2003 às 13:21:00

Principalmente as grandes cidades oferecem uma série de riscos para nossos filhos. Veja aqui dicas para protegê-los contra alguns problemas, como assalto e seqüestro.

   
A ditadura da violência 21/12/2003 às 22:24:00

Como os jovens poderão experimentar a tão sonhada liberdade vivendo num mundo extremamente violento e amedrontador? E os pais, conseguirão dormir tranqüilos com seus filhos soltos pela cidade?

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Paz em casa 31/07/2002 às 13:46:00

Dicas preciosas da revista Meu Nenê e Família

   
Manual do ficar, especial para pais 17/06/2002 às 15:36:00

Para os pais que não viveram a onda do "ficar".