Quinta-feira, 21 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Combata o estresse com a aromaterapia

Por Julienne Gananian *


Amenize os sintomas do estresse por meio da aromaterapia e da utilização dos óleos essenciais.

Quantas vezes você já não ouviu falar em estresse? Ele surge quando o organismo gasta excessivamente energia física ou mental gerando uma série de sintomas como irritabilidade, falta de concentração e de memória, cansaço físico ou taquicardia.


Todos precisam de um pouquinho dessa energia para conseguir lidar com situações difíceis ou desgastantes do cotidiano. "Determina-se estresse positivo aquele que utilizamos para essas experiências e que contribuem para nossa performance diária. Sem isso, não agüentaríamos os problemas do dia-a-dia" explica a aromaterapeuta e psicóloga Samia Maluf.


Porém, quando abusamos do nosso corpo e trabalhamos, estudamos ou nos exercitamos em demasia, surge o estresse negativo. O organismo responde, descarregando substâncias que tencionam os músculos, aceleram os batimentos cardíacos e a respiração. Esta reação acompanha a civilização desde os tempos antigos, quando nossos ancestrais se deparavam com os perigos da vida selvagem e precisavam se preparar para o ataque ou para a fuga.

Terapias alternativas

Alguns tratamentos para o estresse necessitam de acompanhamento médico e apresentam um custo elevado. Atualmente, para prevenir ou amenizar este problema, se têm dado grande valor às terapias alternativas que, sozinhas ou aliadas a outros procedimentos, contribuem para a qualidade de vida dos estressados. "A aromaterapia trata do equilíbrio físico, mental e espiritual. Os óleos essenciais, extraídos de folhas, frutos ou raízes, restauram as energias e desencadeiam a liberação de substâncias, como a serotonina ou a dopamina, que amenizam os efeitos do estresse" conta Samia.


Você pode compor sua própria sinergia, isto é, a mistura de 2 a 4 óleos essenciais que se potencializam, para acrescentar a aromatizadores de ambientes, na água da banheira ou na própria bucha durante o banho de chuveiro. Se preferir, coloque a sinergia no creme de sua preferência (sem cheiro) ou em óleo vegetal carreador, como o óleo de amêndoas ou de semente de uva, massageando todo o corpo. Confira a seguir algumas opções e escolha a que mais agradar ao seu olfato.


Opção 1

2 gotas de óleo essencial de Camomila Romana

2 gotas de óleo essencial de Pau rosa

2 gotas de óleo essencial de Lavanda


Opção 2

2 gotas de óleo essencial de Laranja

1 gotas de óleo essencial de Gengibre

2 gotas de óleo essencial de Manjerona


Opção 3

5 gotas de óleo essencial de Lavanda

2 gotas de óleo essencial de Manjerona

2 gotas de óleo essencial de Camomila Romana


Opção 4

5 gotas de óleo essencial de Manjerona

5 gotas de óleo essencial de Lavanda

2 gotas de óleo essencial de Ylang Ylang


Opção 5

4 gotas de óleo essencial de Lavanda

2 gotas de óleo essencial de Palmarosa

4 gotas de óleo essencial de Patchouli

3 gotas de óleo essencial de Laranja



As quantidades valem para um banho ou para serem adicionadas a 30 ml de óleo vegetal ou creme. "Se você quer se ver livre do estresse evite, também, ambientes muito barulhentos, não ingira muito café, chá, comida enlatada e tente diminuir o consumo de cigarro, contribuindo para sua saúde física e mental" conclui Samia Maluf. Aliando o tratamento ao combate das causas do estresse sua vida se transformará, para muito melhor!


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Problemas todos temos 11/07/2002 às 14:11:00

Dificuldades em casa: ansiedade, medo, vergonha de partilhar? Quando e por que abrir o jogo na escola?

   
Dicas para proteger seus filhos 26/03/2003 às 13:21:00

Principalmente as grandes cidades oferecem uma série de riscos para nossos filhos. Veja aqui dicas para protegê-los contra alguns problemas, como assalto e seqüestro.

   
A ditadura da violência 21/12/2003 às 22:24:00

Como os jovens poderão experimentar a tão sonhada liberdade vivendo num mundo extremamente violento e amedrontador? E os pais, conseguirão dormir tranqüilos com seus filhos soltos pela cidade?

   
Convivendo com um deficiente 13/09/2001 às 14:23:00

A família de um portador de deficiência mental é especial. Saiba como lidar com a diferença entre os filhos, educando-os de forma equilibrada, realista e verdadeira.

   
Interar-te Atividade gratuita para famílias 29/04/2011 às 11:57:06

Dia 11 de julho, quinta-feira, no MAC USP NOVA SEDE - Ibirapuera! Confira!