Quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Dentes fortes para sempre

Por Dr. Alan Isidore Levy * em 24/11/2000


Prevenção é a palavra de ordem da odontologia. Pequenos cuidados hoje evitarão problemas no futuro. Por isso, ela deve começar a fazer parte da vida da gestante e se estender para sempre.

Por mais estranho que possa parecer, você já deve se preocupar com os dentes de seu filho enquanto ele ainda está na barriga. Explica-se: é a partir do quarto mês de gestação que começa a se desenvolver o paladar do bebê. Por isso, acredita-se que, se a futura mãe consumir muito açúcar, seu filhote desenvolverá o gosto por doces e terá mais propensão a problemas odontológicos.

Com o bebê

Diz o ditado que é de "pequenino que se torce o pepino". Ou seja, começar cedo é o caminho mais seguro para ter dentes sempre fortes e saudáveis. Confira:


  • Nunca experimente o sabor ou a temperatura do alimento diretamente na colher ou no copo que oferecerá ao bebê. Esse procedimento aparentemente inocente pode levar bactérias de sua boca para a boquinha de seu filho, transmitindo doenças.
  • Antes de comprar o bico da mamadeira, peça orientação do cirurgião-dentista e/ou do pediatra para que eles indiquem o formato e o material mais adequado.
  • Por volta dos 6 meses, comece a treinar o uso de canudos para beber chás, sucos e água. Por volta de 1 ano, a criança deverá começar a ingerir os líquidos diretamente do copo e não mais da mamadeira.
  • A sucção do bebê nos seis primeiros meses de vida é fundamental para o desenvolvimento de suas arcadas dentárias. Por isso, estimule-o a mamar pelo menos até essa fase.
  • Uma vez por dia, após a mamada, higienize a boquinha do bebê mesmo que ele ainda não tenha dentes. Esse cuidado deve ser feito para que ele não estranhe quando for feito nos primeiros dentinhos.
  • Os primeiros dentes devem ser higienizados com cotonete, gaze ou ponta da toalha umedecida. Mesmo os dentinhos de leite já podem ter cárie.
  • Nunca dê chupetas açucaradas, mamadeiras ou bebidas doces. Sempre que possível, dê alimentos adoçados naturalmente.
  • A primeira consulta com o dentista deve ser feita antes mesmo de nascer o primeiro dentinho. Nesse encontro, os pais receberão toda a orientação para que, ao eclodir, o dente encontre um ambiente saudável e limpo. Eles também serão informados sobre dieta e flúor.

    Ilustração Cecília Esteves

    * Dr. Alan Isidore Levy é dentista, formado pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo e pós-graduado em Implantes Osseointegrados pela USP.


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Dicas para proteger seus filhos 26/03/2003 às 13:21:00

    Principalmente as grandes cidades oferecem uma série de riscos para nossos filhos. Veja aqui dicas para protegê-los contra alguns problemas, como assalto e seqüestro.

       
    Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

    Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

       
    Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

    Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

       
    Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

    Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.

       
    Histórias da Arte para crianças 08/11/2012 às 18:49:50

    Não tem jeito melhor de conhecer a vida e a obra de artistas contemporâneos brasileiros! Não deixe de levar seu filho!