Sexta-feira, 28 de abril de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

ALIMENTAÇÃO DURANTE A AMAMENTAÇÃO


Qual deve ser o cardápio ideal para a mulher que acabou de ter um bebê? Dizem que frutos do mar devem ser evitados. Existem outras restrições alimentares para não prejudicar a recuperação da cesariana e a amamentação?

A mulher que acabou de ter um bebê deve continuar a ser alimentar tão saudavelmente como fazia na gestação. A mãe que está amamentando vai precisar de 200 calorias a mais do que quando estava grávida. A maior parte destas calorias virá das reservas de gordura que foram acumuladas durante a gestação. É importante incluir no cardápio alimentos de alta densidade nutritiva, isto é, ricos não apenas em calorias, mas também em nutrientes, como frutas, verduras, legumes, cereais, leites e derivados, e carnes em geral, assim como também ingerir bastantes líquidos para evitar a desidratação.


Dietas não são recomendáveis durante este período. Grandes restrições calóricas e perda excessiva de peso (mais que 2 kg por mês) podem comprometer a produção de leite. O ideal é que haja uma perda gradual de peso durante os primeiros 6 meses após o parto.


Alguns cuidados devem ser tomados durante a amamentação, em relação ao álcool, café, cigarros e medicamentos. De uma olhada na matéria: "Cuidados durante a amamentação", que você encontra no canal de Nutrição, selecionando o tópico Especial.


Com relação aos frutos do mar, deve-se evitar a ingestão de frutos do mar e de peixes crus durante a gestação, devido ao maior risco de contaminação. Outro problema em relação à ingestão de certos peixes e frutos do mar é que eles absorvem mercúrio da água, o qual pode ser prejudicial para a gestante, feto e criança pequena. Mas somente alguns peixes maiores, como tubarão e peixe-espada (e outros que se alimentam de outros peixes) parecem acumular grandes quantidades, por isso recomenda-se ingeri-los somente uma vez por mês. Segundo a FDA (Food and Drug Administration), gestantes e lactantes podem consumir até 360 gramas de peixe cozido por semana, desde que escolham os menores e variem entre os tipos.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

   
Aprendiz de Maestro 01/09/2014 às 17:39:04

Convide seus filhos para assistir à série O Aprendiz de Maestro, produzida pela TUCCA - uma ONG que dá assistência a crianças com câncer. Ao mesmo tempo em que se divertem, vocês ajudam a quem precisa.

   
Como amamentar após o retorno ao trabalho 24/03/2006 às 13:42:00

A licença maternidade está no fim e logo você terá de voltar ao batente, mas não quer deixar de amamentar seu filho. O que fazer?

   
Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.