Quinta-feira, 17 de agosto de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Vai rolar a festa!

Por Carla Oliveira *


Está chegando o aniversário do seu filho, mas ele já não quer saber de festinhas com bexigas e palhaços. Veja nossas sugestões de comemorações para adolescentes a partir dos 12 anos.

Quando eles ainda são pequenos, não tem erro: é só escolher um tema, caprichar na decoração, encomendar doces e salgadinhos e pronto. Está armada a festa! Mas, a partir de uma certa idade, as crianças já não acham a menor graça em palhaços e balões coloridos. E, quando começam a entrar na adolescência, a coisa fica ainda mais complicada! É difícil encontrar uma solução que agrade tanto o adolescente quanto os pais. E aí, o que fazer para não deixar essa data tão importante passar em branco? Veja algumas dicas!

De 12 a 15 anos

Essa fase é mesmo complicada. Eles não são mais crianças, mas também não têm idade para freqüentar bares e discotecas. Se você for sócio de algum clube ou morar em prédio, pode organizar um "bailinho" no salão de festas. Uma boa pedida é encomendar sanduíches de metro, com recheios variados. O visual fica bonito e não é caro. Para beber, água, suco e refrigerantes. Alguns espertinhos podem querer trazer algum tipo de bebida alcoólica, por isso fique de olho. Mas, lembre-se: adultos não são bem vindos, por isso seja discreto!


A música eles mesmos comandam, basta ter um aparelho de som e muitos CDs à disposição. Mas, se você tiver disponibilidade, pode contratar um DJ, será o maior sucesso. Só não deixe que ele acorde a vizinhança toda! Ah, e nada de bichinhos na parede nem de bexigas! Se quiser incrementar a decoração, espalhe pelo ambiente algumas vasilhas transparentes cheias de água, com pequenas velas coloridas boiando dentro. Em geral, essas festinhas começam por volta das 19h e acabam lá pela meia noite.


Entre as meninas, é comum realizar nesta idade uma "festa do pijama". A aniversariante convida apenas suas amigas mais próximas para dormir em casa. Elas podem alugar vídeos, fazer jogos de adivinhações ou apenas ficar batendo papo e colocando as fofocas em dia. Para comer, pizza, cachorro quente e muitas "porcarias", como salgadinhos, pipoca, balas, sorvete. Não se incomode com o barulho, pois provavelmente elas ficarão acordadas até bem tarde e não o deixarão dormir também!


Você também pode preparar uma bela surpresa para seu filho. Compre ingressos para o show da banda favorita dele, sem avisá-lo - compre para os melhores amigos dele também. No dia do show, leve-o até a casa de espetáculo, onde seus colegas deverão estar esperando. No final da noite, vocês saem para jantar numa pizzaria ou em um restaurante que agrade a meninada. Você também pode comprar ingressos para um jogo de futebol ou uma peça de teatro que seja bem engraçada.

De 15 a 18 anos

Depois dos quinze anos, os bailinhos já se tornam "ultrapassados". Uma alternativa interessante são as matinês que algumas casas noturnas oferecem aos domingos. Elas começam no final da tarde e vão até às 22h e, em geral, é permitida a entrada de jovens de doze a dezessete anos. A casa noturna funciona normalmente, isto é, a entrada é livre, mas os convidados do aniversariante ganham desconto. Se você quiser, pode bancar todos os convites. Apenas certifique-se de que o local não venda bebidas alcoólicas nem cigarros.


Se você quiser fazer uma festa exclusiva, terá que alugar um salão ou fechar uma casa noturna, o que sai bem mais caro. Prefira um local que tenha dois ambientes separados: a pista de dança, para os jovens, e um lugar mais sossegado para a família, com mesas e cadeiras. Para dar charme à festa, peça traje à fantasia - escolha um tema bem divertido - ou à moda dos anos 60.


Se preferir, você pode sugerir para o seu filho que ele reúna os amigos em um restaurante ou em um rodízio de pizzas. Você também pode fazer um churrasco ou uma feijoada no prédio ou no quintal de casa e alugar um karaokê para a galera soltar a voz. Se tiver um sítio ou uma casa na praia, melhor ainda. Nessa idade, eles só querem saber de paquerar, por isso nada de chamar os tios e os avós. Apenas os pais devem estar por perto para dar uma espiada na meninada de vez em quando.


Depois dos dezoito anos, a coisa muda completamente. Eles já podem entrar livremente em bares, discotecas e provavelmente vão sair para beber e dançar com os amigos. Em praticamente todas as casas noturnas de São Paulo, o aniversariante e um acompanhante entram de graça e às vezes até ganham uma garrafa de espumante. Em algumas, é permitido levar um bolo. Mas, isso não impede que a família comemore separadamente, saindo para jantar num restaurante bem especial. Divirtam-se!


Para ler sugestões de festas para crianças até 12 anos, clique aqui!


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
A ditadura da violência 21/12/2003 às 22:24:00

Como os jovens poderão experimentar a tão sonhada liberdade vivendo num mundo extremamente violento e amedrontador? E os pais, conseguirão dormir tranqüilos com seus filhos soltos pela cidade?

   
Natal solidário 03/12/2007 às 17:42:00

Natal é tempo de alegria e de solidariedade. Conheça algumas campanhas com as quais você e sua família podem colaborar para tornar o Natal de muita gente mais feliz!

   
Páscoa, tradição e diversão 29/03/2001 às 17:07:00

Crianças adoram a Páscoa, principalmente quando reviram a casa na caça aos chocolates. Lembre-se, porém, dos significados dessa data!

   
Nossa mensagem de Natal 21/12/2012 às 18:16:21

Ilustrada pelo Gilson Nascimento - usuário do Clicfilhos!

   
A festa das luzes 18/12/2000 às 16:03:00

Cada povo, cada religião, festeja suas datas importantes de acordo com as tradições. Conheça, agora, o Chanuká, uma das várias festas celebradas pelos judeus, e aprenda a fazer uma das receitas típicas para a ocasião.