Quinta-feira, 27 de abril de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Florianópolis - Diversão e aventura


Florianópolis, a capital do Estado de Santa Catarina, é quase uma ilha fantasia: belas praias, boa infra-estrutura turística, programação cultural de qualidade, vale ser visitada. Chamada de Ilha da Magia, reserva inúmeras supresas. Confira!

Com suas 42 belíssimas praias, Florianópolis vive do turismo. Há balneários urbanizados como Canasvieiras, Ingleses e Jurerê, com clima de vila de pescadores. Locais desertos e selvagens como Lagoinha de Leste e Naufragados, de acesso apenas por trilhas íngremes com mais de 3 km. A Ilha do Francês é o reino do sossego, bem na frente da Praia de Canasvieiras. Mar calmo e areia branquinha? Praias de Armação, Jurerê e Daniela. Mar revolto, bom para surfe? Joaquina, Mole e Santinho têm. Para quem deseja um pedaço do paraíso, a Ilha do Campeche, de águas verdadeiramente transparentes e areias branquíssimas.


Se quiser aproveitar mais, faça o passeio de escuna para Anhatomirim para conhecer o Forte de Santa Cruz (século 18), e a Baía dos Golfinhos, e ver vários desses bichos bonachões; visite, também, a paradisíaca Ilha do Campeche, e tome um banho de cultura no centro de Floripa, passeando por entre seus prédios coloniais, como a Igreja São Francisco de Assis, o Mercado Público, o prédio da Alfândega e o Museu Cruz e Souza, que era o Palácio do Governo. Floripa tem mil encantamentos, e cabe a você descobrir mais um, para tecer mais um ponto de renda nesse tecido todo feito de magia

Atrações*

A Lagoa da Conceição tem dunas, mirante, é point de velejadores e praticantes de esportes náuticos, parapente e asa-delta. Há muitos bares e restaurantes movimentados à noite. Para compras, vale ir aos quiosques de venda da renda de bilro.



Na Ilha do Campeche, um lugar todo lindo, existem dez sítios arqueológicos, com mais de 100 inscrições rupestres. À beira de águas límpidas e claras nascem trilhas que levam aos sítios. Além de curtir as caminhadas, com acompanhamento de guias, você pode fazer mergulho livre com instrutor. O melhor modo de chegar lá é pelos barcos de pescadores que saem da Praia de Armação. Informações pelo tel. (48) 224-8333.


O mar de Floripa é pleno de vida. Na Baía dos Golfinhos vêem-se esses simpáticos bichinhos em qualquer época do ano. Baleias e pingüins surgem por ali em setembro, assim como batalhões de pesquisadores e ecologistas. As baleias vão para procriar e se "instalam" a até 20 m da praia. Os pingüins, fugindo do frio polar, chegam na maior parte das vezes machucados, e até mortos. Muitos voluntários se encarregam de cuidar dos sobreviventes até que eles possam prosseguir em sua jornada. O passeio de escuna até a Ilha de Anhatomirim é boa pedida. O percurso pode levar de 4 ou 6 horas, e há parada para almoço, serviço de bar e música ao vivo. As saídas acontecem sob a Ponte Hercílio Luz e da Praia de Canasvieiras. Informações pelo tel. (48) 225-1806.


Para os adeptos de aventura, a dica é praticar mergulho nas ilhas de mar aberto: Deserta, do Arvoredo, Calhau de São Pedro, das Aranhas, do Xavier, do Campeche, Três Irmãs e dos Moleques. A melhor época é de outubro a março, e mais informações podem ser obtidas pelo tel. (48) 266-1137 ou (48) 284-1535.


* Procuramos fornecer informações atualizadas para que o seu programa seja ótimo. De qualquer modo, mudanças no regime de funcionamento dos locais indicados são possíveis. Por isso, recomenda-se confirmar dias e horários previamente, por telefone.


Fortes

Os colonizadores portugueses sempre se preocuparam em garantir a defesa da ilha, por causa de sua localização estratégica. No século 18, fortes foram construídos de tal maneira que formassem um sofisticado sistema de fogo cruzado, que certeiramente afugentava os pretendentes a invasores. Os canhões, entretanto, nunca foram disparados.


O Forte de Santa Cruz (1739-1744) fica na Ilha de Anhatomirim e foi o quartel da tropa. Tem pórtico de entrada oriental, aquário marinho, exposição de fotos e restaurante. Chega-se a ele de escuna, saindo do trapiche da Beira-Mar Norte e da Praia de Canasvieiras.



O Forte de São José da Ponta Grossa, de 1744, fica na Praia do Forte e exibe construções erguidas em platôs interligados por rampas e cercados por muralhas de pedra. Funciona nele uma oficina de rendas de bilro.


O Forte de Santo Antônio dos Ratones (1740-1744) fica na Ilha do Ratão Grande e parece uma construção medieval. Os visitantes chegam pelas escunas que saem do trapiche da Beira-Mar Norte e da Praia de Canasvieiras.


Parques


A Reserva Florestal do Rio Vermelho, ao norte, tem área de 1.297 hectares, entre a Lagoa da Conceição e a Praia Grande. Há uma floresta de pinheiros acompanhando a barra da lagoa e campings com boa estrutura. Estrada para Praia dos Ingleses, tel. (48) 228-0335.


Ao sul fica a Lagoa do Peri, com águas calmas onde se pesca, é cercada por um parque público de vegetação nativa. Há razoável estrutura turística, com vestiários, lanchonete e churrasqueiras. Rodovia SC-406, depois do Morro das Pedras.


Passeio


Não é perto, mas vale a pena. A 101 km de Florianópolis, no sul de Santa Catarina, fica um lugar belo que vale conhecer. Vamos localizar melhor: fica a 14 km de Garopaba, um dos chamarizes mais irresistíveis para quem é do surfe. Já no município de Imbituba, a Praia do Rosa é um passeio e tanto, com sua paisagens tremendamente bonitas, matas, dunas e lagoas, boa infra-estrutura turística e sendo destino certo de baleias, que em agosto e setembro chegam do sul argentino para procriar em suas águas mornas.

Serviços

Como Chegar

Há vôos freqüentes, diretos ou com escalas, saindo das principais capitais brasileiras para o Aeroporto Hercílio Luz, de Florianópolis. De carro, para quem vai a partir de Curitiba (são 300 km), Porto Alegre (476 km) ou São Paulo (705 km), as estradas são a BR-116 (Régis Bittencourt) ou a BR-101, rodovias muito movimentadas.


Compras

Para comprar a bela renda de bilro, pode-se ir apreciar os exemplares lindamente tramados pela comunidade açoriana da Praia do Sambaqui, na Vila de Santo Antônio de Lisboa, noroeste da ilha, ou passear pela Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição. Não se pode sair de Floripa sem dar uma olhada nos trabalhos artesanais expostos no centro, no Largo da Alfândega, no Mercado Público e também nos shoppings e centros comerciais. Há bonitas cerâmicas utilitárias e figurativas à venda.

Informações turísticas

Na Internet:

Guia Floripa - O Endereço de Florianópolis na Internet

http://www.guiafloripa.com.br/

Guia com informações gerais, lazer, eventos e atividades, arte e cultura, restaurantes, vida noturna, notícias, etc.


Florianópolis, Santa Catarina - GateOne Turismo

http://www.gateone.com.br/clicfilhos/destinos/pacotes.asp?cod_pacote=23905966954858

Existem postos de orientação no Portal Turístico, na cabeceira continental da Ponte Colombo Salles, tel. (48) 244-5822; na Praça 15 de Novembro, tel. (48) 223-7796; no Aeroporto Hercílio Luz, tel. (48) 236-0879; no Terminal Rodoviário, tel. (48) 224-2777, ramal 127; e no Largo da Alfândega, tel. (48) 222-4906. Para orientar-se através do Disque Turismo, chame 1516 de qualquer telefone público. Obtêm-se informações as mais variadas, incluindo previsão do tempo e dicas de atrações culturais.


Sugestão de viagem:

1 semana no Costão do Santinho Resort

7 noites de hospedagem com meia-pensão (café da manhã e jantar) neste super resort.

http://www.gateone.com.br/clicfilhos/destinos/pacotes.asp?cod_pacote=32617971276808

GateOne Turismo (http://www.gateone.com.br)


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Dicas para proteger seus filhos 26/03/2003 às 13:21:00

Principalmente as grandes cidades oferecem uma série de riscos para nossos filhos. Veja aqui dicas para protegê-los contra alguns problemas, como assalto e seqüestro.

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

   
Oncologia Ginecológica e GRAACC 09/09/2014 às 09:12:01

Se você é profissional da saúde, este livro lhe interessa.

   
Como amamentar após o retorno ao trabalho 24/03/2006 às 13:42:00

A licença maternidade está no fim e logo você terá de voltar ao batente, mas não quer deixar de amamentar seu filho. O que fazer?