Domingo, 24 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Das lojas para casa

Por Aline Romeiro e Wlad Mattos *


Dicas que ajudam na escolha e apresentação de conteúdos musicais para as crianças.

Nas prateleiras das lojas de discos podemos ver muito claramente: mpb, jazz, rock, pop, samba e pagode, clássica, infantil, entre muitos outros nomes para os tipos de música disponíveis no mercado. No entanto, a discussão sobre tipos ou gêneros musicais é muito controversa, até mesmo entre os musicólogos.



Um educador musical deve tomar base para a escolha de seus repertórios um critério geral de diversidade (quantitativa e qualitativa). A este critério geral o educador deve relacionar critérios mais específicos, relativos às suas abordagens pedagógicas e programas de ensino.


Para os pais e educadores não especializados, uma forma de escolher o tipo de música mais adequado para o desenvolvimento da criança é considerar a música como os demais objetos com os quais lidamos no cotidiano.


Por exemplo, em relação à alimentação, aprendemos a cuidar do tipo de alimento mais adequado para cada etapa do desenvolvimento da criança; cuidamos também das diversidades, qualidades e quantidades de alimentos, bem como do estímulo à apreciação do paladar. Quanto à linguagem verbal, sabemos nos reportar à criança com maior ou menor grau de complexidade do idioma falado; selecionamos também os temas apresentados e a profundidade de tratamento destes temas de acordo com o nível de maturidade da criança.


Com a música também pode ser assim. Tomando-se alguns cuidados, podemos e devemos apresentar todo tipo de música às crianças e não só aquelas especialmente produzidas para o público infantil. Neste contexto, mais importante do que o objeto a ser apresentado é a maneira como fazemos esta apresentação.

Como proporcionar uma boa experiência musical

Seja qual for a faixa etária da criança, seja em casa ou em qualquer outro ambiente, seja qual for o período do dia, algumas idéias podem colaborar para uma experiência de escuta musical agradável e enriquecedora:


1. quanto às características acústicas, devemos estar atentos aos níveis de ruído mais adequados à escuta saudável;


2. quanto às características emocionais, devemos estar atentos ao "caráter" da música e aos efeitos que ele pode causar (por exemplo, os estados psíquicos de medo/encorajamento, tristez/alegria, e, sobretudo, aos efeitos de "estimulação" ou "relaxamento" relacionáveis ao "brincar" e ao "ninar");


3. quanto à diversidade de gêneros musicais, devemos apresentar de tudo um pouco: músicas vocais e instrumentais, populares e clássicas, tradicionais e experimentais.


Os CDs e DVDs são sempre um recurso bem vindo, mas, na medida do possível, devemos levar a criança para apreciar situações de performance musical "ao vivo", como shows, concertos, etc.


Desta forma, os pais e educadores podem contribuir para a formação de uma cultura musical ampla na vida dos pequenos educandos, além de expandir sua própria escuta ao conhecer novos gêneros musicais e novas formas de ouvir música.

* Aline Romeiro e Wlad Mattos Aline Romeiro é musicista e educadora musical. Mestre em musicologia pela Unesp. Wlad Mattos é músico, pesquisador e educador musical. Mestre em música pela Unesp. Ambos são diretores da Baby Arts - Música e Interação, organização especializada no desenvolvimento de atividades artísticas e educativas para bebês e crianças de 0 a 3 anos. contatos@babyarts.com.br


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Capoeira, esporte, lazer e educação 05/04/2001 às 17:22:00

Os pequenos aprendem o 'au', aplicam 'meia-lua de frente' e se esquivam para o lado. A capoeira chegou na vida da garotada, pegando carona nos 500 anos do Brasil que reacendeu uma paixão pela cultura nacional.

   
Samba e forró para as crianças 21/05/2007 às 09:47:00

Conheça as delícias musicais do selo Biscoitinho.

   
Viajando com as crianças 06/06/2001 às 16:39:00

Viajar com crianças não é uma tarefa fácil. Ao contrário, é um desafio! Mas se você se preparar para tal missão, verá que horas na estrada, com a família toda fechada num carro, podem passar bem rapidinho.

   
Brincando dentro de casa 02/06/2003 às 17:08:00

Nos dias cinzentos e frios de inverno, ou nos dias de chuva do verão, é preciso se desdobrar para distrair as crianças dentro de casa. Convide os amiguinhos e arme uma verdadeira festa!

   
Música de qualidade para as crianças 09/05/2004 às 20:29:00

O que as grandes gravadoras e principais selos independentes do Brasil produzem para os pequenos.