Terça, 23 de maio de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Acampamentos de férias

Por Lucy Casolari *


Com as férias escolares vem a busca de soluções que atendam todos os membros da família. As crianças querem entretenimento o tempo todo, mas os adultos seguem a vida normal de trabalho e afazeres, ainda que disponham de alguns dias de merecido descanso.

Enviar as crianças para acampamentos pode ser uma solução para esse impasse. É uma forma de proporcionar uma temporada diferenciada, sem a presença dos pais e com programação especial para elas, além de garantir ao casal alguns dias de "férias dos filhos", momentos preciosos que podem ser aproveitados para recarregar as energias.

Algumas dicas para a escolha

  • Pesquise com cuidado vários acampamentos para obter informações sobre infra-estrutura física, distância, monitoria, programação, procedimento quanto a telefonemas e atendimento em caso de doenças ou acidentes (podem acontecer, não é verdade?).
  • Indicações de amigos que já tenham enviado os filhos para acampamentos podem ser preciosas, afinal eles viveram a experiência recentemente.
  • Leve em conta a idade de seu filho para definir a extensão da temporada. Os pequenos podem, numa primeira vez, ir por menos dias; já com os mais velhos, que têm a noção de tempo mais desenvolvida, essa é uma questão que pode ser resolvida em comum acordo.

    Observe seu filho

    O mais importante é perceber a reação da criança diante da proposta de passar alguns dias fora de casa, longe dos pais, do próprio quarto, dos brinquedos prediletos... Seu filho pode ficar fascinado, mas sentir medo; rejeitar totalmente a idéia ou ficar louco para ir.

    As crianças que demonstrarem interesse, mas uma ponta de insegurança, podem ser incentivadas a aceitar a idéia - às vezes só falta um empurrãozinho para que se decidam.


    Certamente os pais que participaram de acampamentos na infância e têm boas lembranças saberão "vender melhor o peixe" a seus filhos do que aqueles que nunca viveram essa experiência - mais inseguros, quem sabe até se sentindo meio culpados.


    Se seu filho rejeitar totalmente a possibilidade de ir para um acampamento, é provável que ele ainda não esteja pronto e, assim, fica difícil continuar insistindo. Mais produtivo será prepará-lo para uma próxima temporada, estimulando-o a dormir na casa de um amigo ou a viajar num final de semana com outra família. Ele poderá retribuir o convite recebendo em sua casa seus coleguinhas por uma noite ou alguns dias. Essa aprendizagem gradativa vai ajudá-lo a soltar as amarras e a descobrir como pode ser divertido ficar fora de casa por um período.

    Ai! Que saudade!

    Se a decisão da família for enviar o filho para um acampamento, é bom lembrar que a saudade vai bater forte em sua porta. Quem permanece no mesmo ambiente vai sentir falta de toda a algazarra que a criança faz dentro de casa. Será necessário lidar com esse sentimento de vazio e também com a possível culpa - "Coitadinho do meu filho, vai ficar sem mim tantos dias..." Lembre-se de que ele não estará sozinho, mas convivendo com crianças de sua idade, participando de atividades programadas especialmente e sendo assistido o tempo todo por pessoas criteriosamente selecionadas pelos responsáveis pelo acampamento, o qual, por sua vez, foi escolhido por você.


    Insegurança, ansiedade e preocupação dos pais são sentimentos que costumam estar presentes, principalmente se essa experiência estiver sendo vivida pela primeira vez. Tranqüilize-se e procure aproveitar esses dias para relaxar, colocar a vida em dia...


    Certamente, quando seu filho retornar, vai surpreendê-lo ao mostrar traços de autonomia e colaboração desenvolvidos nessa temporada fora de casa. Procure, sempre que possível, valorizar essas conquistas, que sinalizam crescimento. Por que não aproveitá-las no dia-a-dia encarregando seu filhote, tão crescido, de algumas tarefas simples? Logo ao voltar do acampamento, você perceberá nele uma disponibilidade muito grande para isso, depois tudo volta a ser como antes... Mas as lembranças certamente ficarão e, quem sabe, no próximo ano, não será seu filho a pedir: "Quero ir para o acampamento!".


    * Lucy Casolari é pedagoga e educadora


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Sem pressa para sair de casa 19/07/2003 às 10:49:00

    Hoje em dia, é comum que filhos continuem morando com os pais, mesmo depois de adultos. É a chamada "geração canguru"!

       
    Como amamentar após o retorno ao trabalho 24/03/2006 às 13:42:00

    A licença maternidade está no fim e logo você terá de voltar ao batente, mas não quer deixar de amamentar seu filho. O que fazer?

       
    Proteja sua casa quando for viajar 24/11/2010 às 12:23:35

    Você vai viajar nas férias ou no feriado com sua família e deixar sua casa desocupada por alguns dias? Fique atento a regras básicas de segurança que ajudam a proteger o seu patrimônio.

       
    Interar-te Atividade gratuita para famílias 29/04/2011 às 11:57:06

    Dia 11 de julho, quinta-feira, no MAC USP NOVA SEDE - Ibirapuera! Confira!

       
    Um dia no museu 03/05/2013 às 17:49:24

    Saiba como aproveitar ainda mais a sua ida ao museu com as crianças! Entretenimento, conhecimento e cultura em um só lugar!