Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Mexa se, mas não abuse!

Por Dr. Thomaz Rafael Gollop * em 23/11/2000


Gravidez, todo mundo sabe, não é doença. Mas saiba que nem tudo é permitido a você, futura mamãe! Confira, abaixo, o que você pode, não pode ou deve fazer. E o que é aconselhável evitar durante esses nove meses.

Descansar: não há um número estabelecido de horas para o repouso da gestante, isso varia de mulher para mulher. Entretanto, uma coisa é certa: descansar é essencial. Nem todas as grávidas têm muita disponibilidade de tempo para relaxar. Lembre-se disso e aproveite todo momento que sobrar, pois você se sentirá muito melhor. Principalmente nas últimas seis semanas de gestação, quando estiver se sentindo inchada, pesada, coloque os pés para cima, ouça música, leia, medite ou, simplesmente, faça nada!


Dormir: normalmente o sono da gestante é mais leve, com intervalos curtos. Há várias razões para isso: útero aumentado, movimentos do bebê, necessidade freqüente de urinar interferem na rotina do sono. Tente compensar as eventuais horas de vigília cochilando algumas vezes ao dia. O sono é essencial para o descanso da mente e do corpo.



Caminhar: não há limite para caminhar na gravidez desde que você se sinta disposta. A caminhada é ao mesmo tempo saudável e agradável se associada a alguma atividade que agrade à gestante. Tenha sempre o cuidado de parar e descansar quando se sentir fatigada.

Sinal verde para estas atividades

Natação: desde que praticada sob supervisão médica e com todos os cuidados necessários, é relaxante e faz bem.



Dança: se tiver bom senso e souber respeitar os limites de seu corpo, dance até o final da gravidez!


Viagens: se sua gravidez estiver correndo de forma normal, nada a impede de viajar. Mas tente evitar longas distâncias de carro ou grandes roteiros nas seis semanas que antecedem o parto. Em caso de dúvida, consulte seu médico.


Dirigir: se você não pretende testar suas habilidades como piloto de provas, não há problema algum em dirigir seu carro. Tenha em mente, porém, que nesse período tudo deve ser avaliado sob uma ótica especial. Mantenha, ao volante, uma atenção redobrada e respeite seu próprio limite de fadiga e estresse, evitando, se possível, horários de trânsito pesado.

É aconselhável evitar

Ciclismo: embora andar de bicicleta não cause nenhum mal à gestante, trata-se de um exercício de risco, principalmente no período inicial de gravidez. Lembre-se de que nesse período seus reflexos estarão mais lentos e qualquer acidente pode provocar um aborto.


Esqui: na água ou na montanha, cuidado durante os nove meses.



Levantamento de peso: saiba que, nessa fase, até mesmo pequenos objetos devem ser apanhados de forma correta, sem prejudicar sua coluna e seu equilíbrio. A posição que dá mais firmeza é aquela em que você se abaixa, com os joelhos dobrados, e deixa o bumbum encostado nos calcanhares. Mães de segunda ou terceira viagem contam com um probleminha extra e muito corriqueiro: o filho menor querendo colo. Repita o conselho: fique na posição de cócoras para levantá-lo ou simplesmente ajoelhe sempre que for fazer um carinho!



Fumo: as estatísticas não deixam dúvidas: o fumo durante a gravidez provoca redução no tamanho dos bebês, já que a placenta - sob efeito da nicotina - recebe menos oxigênio, comprometendo, assim, a nutrição da criança.


Bebidas alcoólicas: quando ingerido em grande quantidade, o álcool pode provocar anormalidades congênitas e partos prematuros. Doses "sociais" tendem a não criar problemas.



Medicamentos: de modo geral, todos os remédios devem ser evitados durante a gravidez. Casos de doenças crônicas - simples ou corriqueiras - devem ser tratados de forma especial. Dê todas as informações a seu obstetra logo no início da gestação, durante a primeira consulta pré-natal. Portanto, lacre sua farmácia antes de falar com o médico.


* Dr. Thomaz Rafael Gollop é obstetra, ginecologista, geneticista; professor responsável pela disciplina Aconselhamento Genético do Curso de Pós-Graduação no Departamento de Biologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Emagrecendo após a gravidez 10/09/2001 às 15:48:00

Descubra os exercícios mais indicados e algumas dicas para que a mamãe emagreça após a gestação.

   
Sol na medida certa 29/01/2001 às 14:13:00

O sol faz bem à saúde, mas nada de exageros. Nem muito nem tão pouco. Conheça os segredos para manter a pele de seu filhote bem cuidada e longe das agressões das queimaduras.

   
Entrevista da Rafaela 17/10/2012 às 22:33:57

Leia aqui o que os filhos têm a dizer sobre a educação bilíngue.

   
Dentes saudáveis para sorrir sempre! 26/03/2012 às 11:31:01

No boletim Clicfilhos deste mês: saúde dos dentes, calendário e preparativos para a Páscoa!

   
Síndrome de Down 23/11/2000 às 17:03:00

Aprenda mais sobre a síndrome que afeta milhares de crianças ao redor do mundo. Não há cura para ela, mas os tratamentos já garantem uma melhor qualidade de vida para essa população.