Segunda-feira, 25 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Aprendendo a realizar sonhos

Por Carla Oliveira *


Conheça a Pedagogia Empreendedora, uma metodologia de ensino destinada a estimular o espírito de liderança e iniciativa entre as crianças.

Em uma manhã de agosto do ano de 2002, a professora Adriana Moura, da Escola Municipal Israel Pinheiro, localizada na favela Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte (MG), perguntou aos seus alunos: "Qual é o seu sonho?". Entre outras repostas, a de um garoto de 15 anos chamou a atenção. "Quero ser traficante de drogas, porque minha mãe passa fome". Os colegas conversaram e chegaram à conclusão de que o garoto, na verdade, não queria ser traficante, mas apenas ganhar dinheiro para ajudar sua mãe.


Então, juntos, começaram a discutir formas de realizar aquele sonho. Foi assim que nasceu a "Tá Limpo", uma cooperativa para fabricar material de limpeza. A iniciativa deu certo e até a prefeitura de Belo Horizonte passou a comprar seus produtos. Tudo isso aconteceu durante as aulas do curso de empreendedorismo que até hoje é ministrado na escola, e que faz parte da Pedagogia Empreendedora, uma metodologia de ensino desenvolvida pelo professor Fernando Dolabela*, com o apoio da ONG Visão Mundial.


Na época, a metodologia estava sendo testada naquela escola e, diante do sucesso, acabou sendo implementada em outras cidades. Hoje, a Pedagogia Empreendedora já foi adotada na rede pública de ensino de 93 cidades brasileiras - a maioria delas no Paraná - atingindo 224.000 alunos do ensino fundamental e médio, ou seja, dos 4 aos 17 anos.

Novos valores culturais

Ao contrário do que o nome Pedagogia Empreendedora sugere, tal metodologia não é voltada apenas para a formação de "pequenos empresários". O eixo metodológico é baseado no sonho de cada pessoa. "O empreendedor é aquele que sonha e busca realizar seu sonho. Não basta apenas sonhar. É preciso desenvolver ações concretas que levem à realização do sonho", explica Fernando Dolabela.


O professor lembra também que os sonhos individuais devem ser construídos a partir de sonhos coletivos."Toda pessoa deve perguntar a si mesma como ela poderá ser feliz contribuindo para a felicidade dos outros", afirma Dolabela. A Pedagogia Empreendedora vai contra o individualismo e não deve ser usada unicamente para o enriquecimento pessoal. O objetivo maior dessa metodologia é justamente o oposto: a construção do bem-estar coletivo.


"Nos métodos de ensino tradicional, o aluno assimila conhecimentos e adquire competências que se julgam necessárias para a sua vida profissional. Mas, é preciso que todo indivíduo aprenda a fazer uma relação entre esse conhecimento que ele tem e as necessidades da comunidade em que ele vive", explica Dolabela. Nesse sentido, a Pedagogia Empreendedora funciona como instrumento de combate à pobreza.


"A pobreza nada mais é do que a incapacidade de uma sociedade de desenvolver seu potencial. Nós temos que devolver a auto-estima de cada aluno e mostrar a ele como dinamizar suas forças para a realização de um objetivo", esclarece Dolabela. O professor enfatiza que é o próprio aluno quem vai gerar o conhecimento e desenvolver as estratégias para a realização de seu sonho. "Essa é a única forma de promover o desenvolvimento auto-sustentável", explica. O professor enfatiza ainda que não é possível depender exclusivamente do governo. "A iniciativa privada é fundamental", defende.


Dolabela desfaz o mito de que para ser um bom empreendedor é necessário ter talento ou dom. Segundo ele, o espírito empreendedor pode florescer em qualquer pessoa, desde que haja um ambiente favorável e democrático. "A rigidez, seja da política, da escola, dos pais ou até da religião dificulta o empreendedorismo, pois para empreender é preciso ter liberdade para ousar e, é claro, errar", explica.


A Pedagogia Empreendedora inova também ao estabelecer um novo conceito de sucesso. "O sucesso não pode ser medido pelo dinheiro, mas sim pela auto-realização. Só a própria pessoa pode medir o seu sucesso", enfatiza o professor. O fracasso só existe diante da desistência. Aposto que você deve estar se perguntando qual será a sonho de Fernando Dolabela. "Quero atingir cada vez mais cidades. No Brasil, acho que são 5.650. Ainda tenho muito trabalho pela frente". Alguém duvida que ele vá conseguir?

Ler para aprender - e empreender!

A Pedagogia Empreendedora é um desdobramento da "Oficina do Empreendedor", uma metodologia de ensino destinada a alunos universitários que já é aplicada em mais de 300 instituições de ensino superior no Brasil e tem apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento em Pesquisa) e do Sebrae. Para apoiar esse projeto educacional, Dolabela escreveu O Segredo de Luísa, lançado em 1999 pela Editora de Cultura, um livro indispensável para jovens empreendedores.


O Segredo de Luísa é um romance que narra a trajetória de uma dentista recém-formada que decide montar um negócio próprio. Paralelamente à história, o autor também aborda questões práticas sobre a criação de uma empresa e ensina a elaborar um Plano de Negócios. Agora, Luísa está de volta com a missão de passar a mensagem do empreendedorismo às crianças e jovens.


O livro A Ponte Mágica, lançado no início deste ano, volta no tempo e encontra Luísa com 11 anos. O sonho da menina é construir uma casa nova para a sua amiga Maria, pois seu barraco foi destruído pela enchente. Inspirada pelas aulas de empreendedorismo na escola, Luísa mobiliza professores, amigos e familiares para alcançar seu objetivo.

Quero adotar a metodologia!

Para implementar a Pedagogia Empreendedora na sua escola, é necessário que todos os educadores sejam capacitados e treinados através de um curso de 16 horas organizado pelo próprio Fernando Dolabela ou outros professores já treinados. Durante o curso, os profissionais conhecem a metodologia e aprendem a utilizar o material didático de apoio, que consiste em livros, apostilas e até softwares. Para mais informações, visite o site www.dolabela.com.br


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Felicidade na luta contra o câncer 10/03/2003 às 16:23:00

Conheça o Projeto Felicidade, que ajuda crianças portadoras de câncer a resgatar a auto-estima e o ânimo para enfrentar a doença.

   
Chegada dos filhos atrapalha a vida sexual 08/01/2004 às 14:20:00

Uma enquete realizada pelo Clicfilhos sobre o comportamento sexual dos casais após o nascimento dos filhos revelou dados muito interessantes. Confira!

   
O que seu filho quer ser quando crescer 02/04/2001 às 14:31:00

O garotinho diz que será piloto de avião e a menina quer brilhar nas passarelas da moda: são os pequeninos sonhando com a profissão. A escolha da carreira é pessoal, mas a ajuda dos pais é bem vinda. Oriente seu filho sem traçar o caminho por ele.

   
Boletim Clicfilhos 25/07/2011 às 10:04:33

Leia aqui o último boletim Clicfilhos!

   
Realizando desejos 12/07/2009 às 11:45:00

Conheça a Make-A-Wish, uma organização sem fins lucrativos que realiza os desejos de milhares de crianças e jovens portadores de doenças que possam colocar sua vida em risco.