Sexta-feira, 10 de julho de 2020
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Como escolher a maternidade

Por Julienne Gananian *


Para garantir sua tranqüilidade durante a gravidez e segurança na hora do parto, planeje desde cedo a maternidade onde irá nascer o seu bebê.

A gestação traz momentos de pura felicidade para a família mas, junto à alegria, chegam também novas responsabilidades. A casa passa por uma transformação para acomodar o novo integrante, cada detalhe do enxoval é cuidadosamente pensado e a maternidade precisa se encaixar nos padrões e necessidades dos pais e, é claro, garantir a saúde tanto do bebê quanto da mãe.


A Dra. Claudia Castanho Rozolen, pediatra e neonatologista em São Paulo, preparou uma série de dicas para este momento. Confira abaixo.

Maternidade impecável e de fácil acesso

Na hora de escolher a maternidade, leve em consideração:

  • O aspecto e a limpeza de todos os setores;
  • A presença de neonatologista (pediatra especializado em recém-nascidos) em sala de parto. É este profissional que assegurará a assistência adequada ao seu bebê, como a reanimação neonatal em casos de emergências;
  • A presença de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a mãe e UTI neonatal para o bebê. O local deve contar com bons equipamentos e profissionais capacitados;
  • Possibilidade de alojamento conjunto e qual a rotina estabelecida pelo hospital;
  • Se o hospital possui serviço de suporte ao aleitamento materno e Banco de Leite Humano (quando este se fizer necessário, no caso de recém-nascidos prematuros);
  • A infra-estrutura complementar do hospital para casos mais complicados ou de emergência: UTIs, Banco de Sangue, laboratório, ultra-som, raio-X e tomografia computadorizada.
  • A mamãe merece todo o conforto do mundo! Confira se a estrutura hoteleira está preparada para acolher e oferecer segurança para a sua família;
  • Importante: veja se a localização do hospital e seus trajetos são favoráveis para você, pois na hora que o bebê resolver nascer você precisa chegar rapidinho até o local!

    Administrando os custos

  • Já tem plano de saúde? Então verifique o término do período de carência para parto e procure saber sobre a cobertura que o plano oferece ao recém-nascido;
  • Quando visitar a maternidade, procure informações sobre os convênios aceitos pelos hospitais e não se esqueça de conferir os custos extras!
  • Não tem um plano ainda? Saiba que muitos hospitais oferecem um "plano maternidade" que facilita a sua vida e diminui parte dos custos.
  • Não caia em cilada! Cheque os serviços incluídos no valor cobrado pela maternidade ou inclusos no convênio, desde os essenciais até os secundários. Por exemplo:

    - atendimento pediátrico

    - teste do pezinho simplificado ou ampliado

    - exame de triagem auditiva

    - exames laboratoriais ou radiológicos

    - eco-cardiograma e ultra-som

    - procedimentos médicos e interconsultas com outros especialistas (cirurgia pediátrica, cardiologista, geneticista, ortopedista, entre outros).


    Caso o obstetra que acompanha seu pré-natal não seja cadastrado em seu plano de saúde, cheque no convênio o reembolso oferecido para pagamento particular dos honorários médicos, do obstetra, auxiliar, anestesista e pediatra (se este último também fizer parte da equipe).

  • Se o papai vai acompanhar o parto, confira se há algum custo e qual o seu valor.


    Então, mãos à obra! Comece a pesquisar e a visitar as maternidades de sua cidade e não se esqueça de conferir todos os detalhes desta listinha. "Caso você esteja em repouso, procure informações via internet, geralmente digitando www. o nome da maternidade (abreviado ou por extenso).com.br" sugere a Dra. Claudia Castanho Rozolen.


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Momento Clicfilhos - Leitura, desafio de pais e professores 13/02/2020 às 16:18:58

    Habituar os filhos a mergulhar nos livros nem sempre é fácil. Aprenda, aqui, como estimulá-los.

       
    Momento Clicfilhos - Afinal, para que serve a mesada? 13/02/2020 às 15:58:02

    Os filhos pedem, e como pedem! Querem brinquedos, roupas de griffe, jogos de videogame, guloseimas... Como fazer da mesada uma aliada?

       
    Momento Clicfilhos - Bullying, violência na escola 13/02/2020 às 15:20:51

    Humilhação, intimidação, ameaça. Diariamente, estudantes de todas as idades são vítimas desse tipo de violência moral na escola. Os agressores são seus próprios colegas. Como lidar com essa situação?

       
    Momento Clicfilhos - Animais, alegria para toda a família 13/02/2020 às 15:16:32

    Animais de estimação oferecem carinho e companhia, ajudando até a curar a depressão. Quem resiste?

       
    Momento Clicfilhos - Com açúcar, com afeto... 13/02/2020 às 15:08:46

    Você entra no quarto do seu filho e sente como se um furacão tivesse passado por ali: gavetas semi-abertas, roupas para fora, brinquedos espalhados pelo chão, lápis, livros e cadernos sobre a cama ...