Terça, 26 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br

Minha Boa Idéia, Ciúmes entre irmãos


Você encontra aqui breves relatos de pais que, assim como você, já passaram por diversas situações difíceis com seus filhos. Os relatos trazem dicas muito valiosas para enfrentar essas situações. Aproveite!

Preparando o terreno

Para evitar o ciúme dos meus filhos, pois tenho uma filha de 7 anos e um filho de 1 ano e 4 meses, desde o 1º dia em que soube que estava grávida, conversei com minha filha que ela teria um irmãozinho e desde então incentivei que ela conversasse com ele todos os dias, falando que ela o amava e que ele era um irmãozinho muito especial para ela. Nossa, o resultado foi incrível! Ela o defende a todo momento e ele por sua vez vive abraçando-a e beijando-a. Não esquecendo de dizer que ela nunca deixou de ser sempre a minha princesinha e que a amamos muito. Quero deixar claro que somos uma família de classe baixa, mas a família está na base de tudo. Muito obrigada pela oportunidade e espero que minha experiência sirva para muitas outras famílias, com certeza terão sucesso.

Gilcilene da Penha Rosário ? Vila Velha, ES


Entre tapas e beijos

Tenho dois meninos, um de 6 anos e outro de 4, que brigam muito e quase me deixam louca. O mais velho morre de ciúme do menor, pois é uma criança um tanto individualista e retraída, e o irmão invade seu espaço o tempo todo. Por isso, para acalmar os ânimos, reservo sempre um tempo para curti-los em separado. Assim, percebo a mudança do humor de ambos e posso prestar atenção em coisas que, com os dois juntos, passam batidas, pois um quer mais atenção que o outro, disputando cada minuto comigo - meu trabalho me faz ficar muito tempo longe deles. Espero que eles parem de brigar um pouco à medida que forem crescendo, pois a choradeira e as queixas são muito estressantes. É difícil fazer qualquer brincadeira com eles: tudo acaba em briga. Mas, se ficam alguns dias separados, choram de saudades! Quem entende os irmãos?

Patrícia Ricalde, Porto Alegre, RS


Atenção para todos

Para lidar com os ciúmes do meu filho desde que a irmãzinha nasceu, eu faço o seguinte: sempre que compro alguma coisa para ela, compro algo para ele também, dou mais atenção a ele, saio sempre com ele sozinho e faço com que ele participe das atividades com a irmãzinha, como ajudar a trocar a fralda e a dar banho.

Simone Carvalho Melo, Aracaju SE.


Vamos ganhar um irmãozinho!

Quando o primogênito for visitar o novo irmão na maternidade, pela primeira vez, deve levar um presentinho. Mas, para que se sinta valorizado, os pais devem providenciar para que ele também receba um presente do recém-nascido.

Gregorio Winiarek - Varsóvia, POLÔNIA


Inventamos o "Dia da Irmã"

Quando fiquei grávida da Bárbara, meu filho Gabriel estava com 1 ano e 4 meses. Ele era supergrudado em mim e, por mais que o pai se esforçasse, não lhe dava muita atenção. Queria amenizar o impacto da chegada de um irmão, mas confesso que algumas vezes me sentia culpada, pois achava que estaria sacrificando o Gabriel, tirando dele um afeto que lhe pertencia. Tinha dúvidas se conseguiria me dividir entre os dois filhos. Decidimos que manteríamos a rotina do Gabriel e, mesmo eu estando de licença maternidade, meu marido passou a levá-lo à creche, se aproximando mais do filho. E introduzimos a novidade: todas as quartas-feiras eram "Dia da Irmã". Gabriel não iria à creche e eu, ele e a Bárbara passearíamos. Fizemos piqueniques em Paquetá, visitas ao Zoológico, ao parque e a outros lugares. Nossa intenção era que, desde cedo, a presença da irmã fosse algo prazeroso. Hoje ele ainda é um pouquinho ciumento, mas tem uma ótima relação com ela.

Cecilia Castro - Rio de Janeiro, RJ


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Gêmeos, prazeres e desafios 03/01/2001 às 15:35:00

Separar irmãos gêmeos na hora de ir para a escola nem sempre é a conduta mais correta. Tudo vai depender de como eles reagem quando ficam longe um do outro. Saiba, porém, que você pode ajudá-los a desenvolver sua individualidade.

   
Viajando com as crianças 06/06/2001 às 16:39:00

Viajar com crianças não é uma tarefa fácil. Ao contrário, é um desafio! Mas se você se preparar para tal missão, verá que horas na estrada, com a família toda fechada num carro, podem passar bem rapidinho.

   
Não agüento mais ficar em casa! 10/12/2004 às 15:25:00

Seu filho está de férias e merece se divertir. Chega de tédio! Conheça lugares que oferecem uma programação especial para entreter as crianças enquanto você trabalha.

   
Escolha os presentes de Natal aqui! 01/12/2005 às 18:54:00

Chega de dúvida! Aproveite nossas sugestões de livros para o papai, para a mamãe, para o vovô, para a vovó, para os jovens e para a criançada.

   
Entrevista da Ana Louise 17/10/2012 às 22:12:31

Leia aqui o que os filhos têm a dizer sobre a educação bilíngue.