Sexta-feira, 20 de outubro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Piscina, um risco para o pequeno

Por Inês Pereira Berman *


A mesma curiosidade que move a criança a aprender também a leva para perto do perigo. Tudo estará sob controle se certas medidas forem tomadas e se os adultos estiverem sempre atentos.

Sabemos, acidentes acontecem quando menos se espera. Mais ainda no caso da garotada miúda, que não conhece o significado da palavra "risco". Algumas situações são especialmente atraentes aos seus olhos ávidos de novidades, como, por exemplo, brincar à beira da piscina ou tentar alcançar a bola que caiu dentro da água. Na sua casa ou na área de lazer do seu prédio tem piscina? Então não deixe para depois as providências que vão garantir a segurança dos seus filhos.







NÃO SIM
Na piscina do clube, nunca deixe seu filho brincando sem que haja um salva-vidas por perto. Ainda que seja infantil, saiba que os pequenos podem se afogar mesmo quando "dá pé". Coloque uma lona na sua piscina. Certifique-se de que seja resistente, a ponto de suportar o peso de dois adultos. Ela também deve ser bem instalada. Caso contrário, será um agravante extra.
Jamais se contente com umas poucas aulas de natação ou com ensiná-lo a nadar "cachorrinho". Isso só vai dar a você, e ao seu filho, a falsa sensação de segurança.Providencie para que seu filho aprenda a nadar. Assim, se ele cair acidentalmente, não correrá perigo. Aliás, os pais também devem saber nadar, inclusive para a própria segurança.
Não deixe os brinquedos em volta da piscina, muito menos dentro da água. Isso vai funcionar como um ímã para atraí-lo. Ensine-o a não correr perto da beira nem empurrar outra pessoa ou afundá-la dentro da água. Criança que não sabe nadar muito bem deve usar bóia. E, sempre que for à piscina, precisa estar com um adulto por perto.
Caso seu filho engula muita água, não hesite em recorrer a um pronto-socorro ou posto médico se você não se sentir apta a socorrê-lo. Matricule-se num curso de primeiros socorros. Se acontecer um afogamento, você poderá checar os sinais vitais e dar suporte até que cheguem os paramédicos ou a que criança seja levada ao hospital. As boas escolas de natação oferecem cursos para leigos.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Paz em casa 31/07/2002 às 13:46:00

Dicas preciosas da revista Meu Nenê e Família

   
Aprendiz de Maestro 01/09/2014 às 17:39:04

Convide seus filhos para assistir à série O Aprendiz de Maestro, produzida pela TUCCA - uma ONG que dá assistência a crianças com câncer. Ao mesmo tempo em que se divertem, vocês ajudam a quem precisa.

   
Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.

   
Interar-te Atividade gratuita para famílias 29/04/2011 às 11:57:06

Dia 11 de julho, quinta-feira, no MAC USP NOVA SEDE - Ibirapuera! Confira!

   
Meu bebê virou adolescente! 18/04/2001 às 14:43:00

De repente seu filhote cresceu e agora quer voar com as próprias asas. Pois é, ele virou um adolescente!