Sábado, 24 de junho de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Entrevista da Ana Louise


Leia aqui o que os filhos têm a dizer sobre a educação bilíngue.

Ana Louise, 19 anos, estudante de Direito, Universidade de Trinity College em Dublin, Irlanda. Estudou desde os 4 anos em escola bilíngue.

1- Você teve dificuldade de estudar em uma escola bilíngue?

A escola onde eu estudei ensinava inglês como a língua predominante do currículo. Como eu preferia muito mais falar português a inglês naquela época, foi mais difícil pra eu falar em inglês a todas as horas na sala de aula e algumas vezes eu tinha que ser lembrada pelas professoras que na sala de aula só podia se falar em inglês. Mas depois que me acostumei ficou fácil.

2- De que maneira a educação bilíngue beneficiou você academicamente e profissionalmente?

Saber falar bem em inglês me ajudou muito academicamente. Pude sair do Brasil para fazer faculdade na Europa, o que me fez expandir o meu conhecimento sobre o mundo. O currículo bilíngue me deu a oportunidade de ter o inglês e o português como as minhas primeiras línguas, e estas me abriram portas porque saber falar ambas as línguas muito bem te faz um candidato forte quando você procura emprego, porque as empresas dão valor a isso.

3- Além da aprendizagem de outra língua, cite outras vantagens não acadêmicas que a educação bilíngue acrescentou a sua pessoa?

Saber falar inglês me deu a confiança de viajar para outros países como os Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda, França e Holanda porque eu sabia que eu poderia me comunicar bem com as pessoas de lá porque hoje em dia todo mundo sabe falar em inglês.

O inglês, por ser uma língua universal, me ajudou a fazer vários amigos internacionais, porque pude participar em cursos de verão fora do Brasil e conhecer gente do mundo inteiro. O inglês era a única língua que podíamos usar para nos comunicar, e por isso é uma língua indispensável.

4- Seus pais falavam em casa a língua ensinada na escola?

Ambos meus pais falam inglês.

5- O que isso ajuda ou dificulta em sua opinião?

Para que houvesse uma educação equilibrada, em casa eu só falava em português com a minha mãe e somente inglês com o meu pai. Isso me ajudou muito porque eu conseguia praticar as duas línguas ao mesmo tempo!

6- Você pensa em repetir essa experiência com os seus filhos?

Com certeza! Acho que saber mais que uma língua é superimportante na vida de qualquer um porque ajuda muito a aprender mais sobre o mundo e também ajuda muito em sua vida acadêmica.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Entrevista da Rafaela 17/10/2012 às 22:33:57

Leia aqui o que os filhos têm a dizer sobre a educação bilíngue.

   
Entrevista da Dora 17/10/2012 às 22:39:23

Leia aqui o que os filhos têm a dizer sobre a educação bilíngue.

   
Entrevista da Suely, mãe do João e da Beatriz 17/10/2012 às 22:55:49

Leia aqui o que os pais têm a dizer sobre a educação bilíngue.

   
Entrevista da Mônica, mãe da Fernanda 17/10/2012 às 23:09:38

Leia aqui o que os pais têm a dizer sobre a educação bilíngue.