Sábado, 21 de outubro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Como se prevenir contra a gripe A

Por Carla Oliveira * em 14/08/2009


Saiba mais sobre o a nova gripe e aprenda o que fazer para evitar essa doença

Desde o mês de julho, os casos de gripe A (H1N1), a chamada "gripe suína", cresceram muito no Brasil, causando mortes e assustando a população. No início, apresentaram a doença apenas pessoas que haviam viajado para o exterior, ou que haviam tido contato com pessoas que voltaram de viagem. Hoje, o vírus já circula dentro do país, sendo transmitido por indivíduos sem vínculo com o exterior.


A gripe A é provocada por um subtipo do vírus Influenza, assim como a gripe comum. Ambas apresentam um índice de mortalidade parecido: 0,5% dos doentes desenvolvem complicações que evoluem para o óbito. Os sintomas também são praticamente idênticos: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Apresentando esses sinais, qualquer pessoa deve procurar atendimento médico.


Com o tempo, os especialistas vão desvendando melhor os aspectos da nova gripe, o que permite ao governo tomar medidas mais acertadas no seu combate. O aumento das temperaturas com o fim do inverno também ajudará a diminuir a propagação do vírus, além de reduzir o índice de outras doenças respiratórias comuns nessa época, que deixam o organismo mais debilitado.


No grupo de risco encontram-se os idosos, crianças menores de dois anos, gestantes, pessoas com diabetes, doença cardíaca, pulmonar ou renal crônica, deficiência imunológica, pessoas com obesidade mórbida ou com doenças provocadas por alterações da hemoglobina, como a anemia falciforme. Quem se encontra no grupo de risco deve tomar cuidados redobrados. Seguem as recomendações do Ministério da Saúde para se prevenir contra a gripe A (lembre-se de passar essas recomendações aos seus filhos, ensinando-os como agir):


● Lave as mãos frequentemente com água e sabão, principalmente depois de espirrar.


● Ao tossir e espirrar, cubra o nariz e a boca com um lenço, de preferência descartável.


● Não compartilhe alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.


● Se estiver com gripe, seja a comum ou a gripe A, não frequente lugares fechados e com aglomeração de pessoas.


● Em caso de gripe, procure seu médico ou uma unidade de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.


● Não use medicamentos sem recomendação médica.


Também é importante manter as defesas do corpo em pleno funcionamento, para que ele possa combater uma eventual infecção pelo vírus da gripe, evitando o agravamento da doença e possibilitando sua recuperação. Isso se consegue principalmente por meio de uma alimentação saudável e rica em nutrientes, ingestão de líquidos em maior quantidade, prática moderada de atividades físicas, sono de boa qualidade, controle do estresse.


Por isso, nesse momento, é muito importante valorizar alimentos como verduras, legumes e frutas na alimentação diária. Alguns ingredientes que aumentam a imunidade do corpo e que você deve acrescentar no cardápio são: alho, gengibre, própolis, mel, iogurte, laranja e demais frutas ácidas ricas em vitamina C. Procure dormir bem à noite, possibilitando que seu corpo descanse e se recupere das atividades do dia. Priorize momentos em família, como assistir a um vídeo ou jogar um jogo em casa.

Vacinação

Atenção! A camnpanha de vacinação contra a gripe A no Brasil já começou. Você pode cadastrar-se no site do Ministério da Saúde e informar sua idade para ser avisado sobre quando deverá comparecer ao posto de saúde para receber a vacina:
portal do Ministério da Saúde


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Abuso sexual contra crianças 14/08/2004 às 14:27:00

Na grande maioria dos casos de abuso sexual contra crianças, o agressor é um parente ou conhecido da família. O que fazer para evitar essa ameaça que parece tão próxima?

   
Desemprego, Mantenha a calma 03/09/2001 às 15:15:00

O medo é geral: perder o emprego traz ansiedade e insegurança para a família. Descubra como enfrentar a situação sem tanto sofrimento.

   
Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

   
Como amamentar após o retorno ao trabalho 24/03/2006 às 13:42:00

A licença maternidade está no fim e logo você terá de voltar ao batente, mas não quer deixar de amamentar seu filho. O que fazer?

   
Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.